Bitcoin btc
$ usd

Receita adia prazo para entrega do Imposto de Renda; criptomoedas devem ser declaradas

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • A Receita Federal adiou para 31 de maio o prazo de entrega do Imposto de Renda.
  • Contribuintes tem isenção de até R$ 35 mil mensais em criptomoedas.
  • Mudança ocorre devido à pandemia de Covid-19
  • promo

A Receita Federal divulgou, nesta segunda-feira (12), que adiou o prazo final para a entrega da declaração de imposto de renda referente ao exercício de 2021 para o dia 31 de maio.

A decisão afeta também investidores de criptomoedas. Segundo a Receita, a alteração ocorreu devido à pandemia de Covid-19 e visa evitar que as pessoas se aglomerem nas unidades de atendimento.

Quem faz investimentos em criptomoedas só as precisa declarar no imposto de renda se o custo de aquisição for superior a R$ 5 mil, lembra a contadora Ana Paula Rabello. Em entrevista ao BeInCrypto, ela afirma:

“Entretanto, eu gosto de frisar que mesmo que você tenha menos de R$ 5 mil em criptomoedas, mas está operando e acumulando, é bom declarar. Apesar da declaração por ativo ser feita de forma separada, ao se tratar de tributação, o valor tributado é considerado na soma de ativos por CPF. Por exemplo, se você tem R$ 4 mil em Bitcoin e R$ 2 mil em Ethereum, eu recomendaria declarar.”

A contadora acrescenta que há um limite de isenção mensal de R$ 35 mil para transações em criptomoedas e que ele vale para a soma de todas as transações, mesmo se elas forem feitas em ativos diferentes.

Para a Receita, não importa se as transações foram feitas em exchanges nacionais ou internacionais e sim o valor total das transações. Movimentar os ativos não gera tributações, apenas transações cripto-cripto estão sujeitas a pagar imposto.

Rabello reitera que a Receita exige ser informada onde estão armazenadas as criptomoedas. Para isso, o contribuinte deve fornecer “nome e CNPJ do custodiante, e se carteira, qual o seu modelo, por exemplo, se é uma Legder, Trezor, etc”.

Além do imposto de renda, os prazos para Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País também foram prorrogados para o dia 31 de maio. Em nota, o Ministério da Economia afirmou que

“As prorrogações foram promovidas como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus (Covid-19). A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia-V.-Kurtz2.png
Júlia V. Kurtz
Editora-chefe do BeInCrypto Brasil. Jornalista de dados com formação pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui 10 anos de experiência na...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados