Ver mais

Quinta maior carteira de Bitcoin pode estar ligada a Yevgeny Prigozhin, morto polemicamente na Rússia

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Uma carteira Bitcoin (BTC) com US$ 2,6 bilhões foi identificada como potencialmente pertencente a um empreiteiro militar com ligações com a Rússia.
  • Embora especulativas, as atividades comerciais supostamente obscuras de Yevgeny Prigozhin podem ter se beneficiado do anonimato do Bitcoin.
  • A Assembleia Parlamentar da OSCE da Rússia designou a empresa de Prigozhin, Wagner, como entidade terrorista em julho de 2023.
  • promo

A morte repentina do proprietário da empresa militar privada Wagner (PMC), Yevgeny Prigozhin, gerou rumores de que ele possuía uma das carteiras Bitcoin (BTC) mais significativas.

Investigamos como Prigozhin e sua organização podem ter conexões com a comunidade de criptomoedas.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

O evento se desenrola

Na noite de 23 de agosto, a notícia de um acidente de avião na região de Tver se espalhou pelos canais e meios de comunicação do Telegram. O avião transportava Yevgeny Prigozhin, proprietário da Wagner, e seu comandante, Dmitry Utkin.

O acidente custou a vida de todas as 10 pessoas a bordo. A BBC noticiou que as vítimas foram identificadas provisoriamente.

As autoridades iniciaram uma investigação sobre o acidente envolvendo Yevgeny Prigozhin.

Supostas ligações de Prigozhin com criptomoedas

Em meio às notícias da queda do avião, surgiram alegações online sugerindo que Yevgeny Prigozhin controlava uma das carteiras de criptomoedas mais substanciais.

A carteira supostamente continha cerca de 100.000 Bitcoins (avaliados em aproximadamente US$ 2,6 bilhões ao preço atual).

Acredita-se que cerca de 70% desse estoque esteja em carteiras frias. O restante parece estar distribuído entre as exchanges de criptomoedas Binance e BTC-W.

Para colocar isso em perspectiva, a terceira maior carteira Bitcoin contém 118.300 moedas e a quinta maior possui 94.643 BTC. Assim, se Prigozhin realmente possuísse 100.000 moedas, ele estaria entre os cinco maiores detentores de Bitcoin.

Quinta maior carteira de Bitcoin pode estar ligada a Yevgeny Prigozhin
As 5 maiores carteiras criptografadas Bitcoin | Fonte: bitinfocharts

Embora não haja evidências concretas para validar o envolvimento de Prigozhin em transações de criptomoedas ou a posse de uma carteira bilionária, fatores circunstanciais sugerem seu interesse potencial em ativos digitais.

Por que o Bitcoin pode interessar a Prigozhin

O início de 2022 testemunhou o aumento das tensões entre a Rússia e a Ucrânia. A Rússia suportou o peso de uma série de sanções.

Como resultado, as principais entidades financeiras, incluindo a Visa e a Mastercard, retiraram-se da Rússia, restringindo as transações transfronteiriças. Consequentemente, muitos russos consideraram a criptomoeda uma solução alternativa viável.

Em julho de 2023, a Assembleia Parlamentar da OSCE designou o PMC Wagner como entidade terrorista. Mesmo antes desta classificação, a situação jurídica da empresa suscitava debates, podendo colocar em risco os seus empreendimentos financeiros.

Embora Wagner alegadamente tenha pago aos mercenários em dinheiro, a PMC transferiu as operações para a Rússia e a Bielorrússia após o motim de junho de 2023, onde as transações em moeda física permaneceram viáveis. No entanto, dada a presença conhecida de Wagner na África, as criptomoedas, especialmente o Bitcoin, podem facilitar transações financeiras menores e de longa distância, dada a sua prevalência em mercados paralelos.

É importante ressaltar que, com as devidas precauções de segurança, o Bitcoin pode facilitar transações anônimas, tornando-o uma moeda preferida na darknet. A equipe editorial do BeInCrypto descobriu vários produtos disponíveis para compra com Bitcoin na darknet.

É importante notar que a revolta envolvendo Wagner em junho de 2023 viu um aumento nas compras de stablecoins entre os russos.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados