Joint Venture da QR Capital vai participar de sandbox da CVM

EM RESUMO
  • A QR Capital se uniu com a fintech Vórtx para desenvolver a primeira exchange de valores mobiliários totalmente baseada em blockchain.
  • A Vórtx QR Tokenizadora vai oferecer transações mais seguras, inteligentes e transparentes de produtos do mercado de capitais brasileiro.
  • A CVM concedeu autorização para a Vórtx QR Tokenizadora iniciar suas operações em fevereiro de 2022.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A QR Capital se uniu com a fintech Vórtx para desenvolver a primeira exchange de valores mobiliários totalmente baseada em blockchain.

Em modelo de joint venture (empreendimento em conjunto), o projeto participará do Sandbox regulatório, ambiente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que permite que empresas testem produtos inovadores para determinados clientes.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Com isso, será possível digitalizar a intermediação de ofertas de valores mobiliários, como, por exemplo, cotas para fundos de investimentos e debêntures.

Digitalizando o mercado de capitais com a blockchain

Ao utilizar a tecnologia blockchain, as empresas pretendem oferecer transações mais seguras, inteligentes e transparentes de produtos do mercado de capitais brasileiro com a nova Vórtx QR Tokenizadora.

Entre os serviços que serão digitalizados na rede estão a escrituração de debêntures, cotas de fundos de investimento fechados e cédulas de depósito e valores mobiliários.

O CEO da Vórtx, Juliano Cornacchia, destacou a importância do projeto, afirmando que será possível tornar as transações do mercado de capitais mais simples e baratas para os investidores, graças a rede blockchain.

“Nessa primeira etapa do projeto vamos transformar valores mobiliários tradicionais em ativos digitais (tokens), de forma que possam ser facilmente negociados por qualquer pessoa. O processo de tokenização veio para ficar e vai mudar a forma que as pessoas fazem investimentos. Esse é um importante movimento em direção ao nosso propósito de simplificar o Mercado de Capais”

A CVM autorizou a Vórtx QR Tokenizadora a iniciar suas operações em 2022, no dia 15 de fevereiro, podendo atuar até 14 de fevereiro do ano seguinte. Somente investidores profissionais e qualificados poderão se inscrever e participar das ofertas e negociações do projeto.

Durante o período autorizado, o órgão regulador irá avaliar a joint venture e estudar formas de regular as suas ações futuras caso o projeto se mostre um sucesso.

Atuação da QR Capital

A QR Capital é a holding controladora de diversas iniciativas que buscam introduzir ativos cripto no mercado brasileiro, como a QR Asset Management que lançou os primeiro ETFs de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) do Brasil.

Sobre a nova parceria feita com a Vortx, o CEO da holding, Fernando Carvalho, destacou que a tokenização do mercado de capitais, além de trazer maior eficiência e baixos custos nas operações com diversos produtos, pode democratizar o acesso a esses produtos.

Ele também enfatizou os esforços da QR Capital de trazer o Bitcoin e demais criptomoedas para um mercado regulado, oferecendo dessa forma uma estrutura mais segura para os brasileiros que desejam se expor a esses ativos.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.