Ver mais

Projeto brasileiro de abastecimento de carros elétricos vence hackathon da Solana

3 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Universitários brasileiros vencem hackathon Solana com projeto DeVolt para abastecer carros elétricos.
  • Alunos foram premiados com US$ 10 mil em USDC
  • DeVolt promete revolucionat o mercado de energia para veículos elétricos com a descentralização.
  • promo

Competindo com 8.300 projetos de todo mundo, cinco alunos do Instituto de Tecnologia e Liderança (Inteli) venceram a categoria universitária do Solana Renaissance Hackathon com o DeVolt. Eles receberam US$ 10 mil pagos em USDC.

Estudantes de 95 países desenvolveram projetos de inovação para blockchain Solana. Mas quem levou a recompensa para casa, foi a equipe formada por Emanuele Morais, Henrique Marlon, Matheus Santos, Paulo Evangelista e Marcelo Feitoza.

Alunos Inteli – da esqueda para direita : Emanuele Morais, Henrique Marlon (atrás), Matheus Santos, Paulo Evangelista e Marcelo Feitoza.

Solução descentralizada foi batizada de DeVolt

A solução desenvolvida, foi batizada de DeVolt, um sistema descentralizado que atrai novos players ao mercado elétrico, facilitando principalmente o acesso a estações de carregamento e oferecendo recompensas financeiras.

Os universitários do Inteli ganharam na categoria “The University Award”, que acima de tudo reconhece excelência em projetos desenvolvidos por alunos do Ensino Superior em todo o mundo,

Nós conversamos com a equipe vencedora formada por Emanuele Morais, Henrique Marlon, Matheus Santos, Paulo Evangelista e Marcelo Feitoza.

Como e por que surgiu a ideia do DeVolt?

A inspiração para DeVolt veio da experiência de Emanuele Moraes, uma das cofundadoras do projeto e ex-estagiária de tecnologia no BTG Pactual, onde ela atuava na mesa de energia. Durante o período de estágio, Emanuele observou a transformação que um mercado de energia descentralizado poderia trazer, especialmente no contexto da crescente demanda por veículos elétricos e a subsequente necessidade de infraestrutura de carregamento.

“Motivados pela visão de Emanuele e pelo desejo de inovar em sustentabilidade e autonomia energética, formamos a DeVolt. Nosso objetivo era criar uma plataforma que não apenas facilitasse o carregamento de veículos elétricos, mas também democratizasse a produção e comercialização de energia, permitindo que qualquer pessoa ou empresa pudesse gerar, usar e vender energia de maneira eficiente e transparente.” explica Marcelo Feitosa.

O que é, em detalhes, o DeVolt?

O DeVolt revoluciona o mercado de energia para veículos elétricos com a descentralização. Isso porque a plataforma blockchain permite consumir, produzir e comercializar energia de forma segura e transparente.

“Esta abordagem descentralizada visa resolver um dos principais desafios da mobilidade elétrica atual: a infraestrutura de carregamento.”, ressalta Henrique Marlon.

DeVolt diz que demanda não acompanha oferta

Para a DeVolt, apesar do crescente número de veículos elétricos no Brasil, não há estações de carregamento suficientes para atender a demanda.

Acima de tudo, a solução possibilita instalar estações de carregamento e vender energia, incentivando o uso de renováveis e transição para veículos elétricos, explica Marlon.

Além disso, a plataforma emprega uma lógica de leilão reverso para a precificação da energia gerada. Assim, ela se ajusta dinamicamente conforme a oferta e a demanda.

Por exemplo, em uma estrada remota com poucas estações de carregamento disponíveis, o preço da energia pode ser maior devido à menor oferta. Ao contrário de áreas urbanas onde a densidade de estações pode levar a preços mais competitivos.

Essa estratégia não apenas garante eficiência econômica, mas também incentiva o desenvolvimento de infraestrutura onde ela é mais necessária, beneficiando tanto os usuários quanto os operadores da rede, detalha Feitoza

Quais os desafios na hora de desenvolver?

Um dos nossos maiores desafios foi, com certeza, a lapidação da ideia para transformá-la em algo tangível, que não apenas capturasse a aceitação do público, mas que também fosse extremamente útil e prático para o mercado em geral.

O processo de transformar uma visão de descentralização energética em uma solução funcional exigiu certamente uma compreensão profunda tanto da tecnologia blockchain quanto das necessidades específicas do mercado de veículos elétricos.

Tivemos o apoio do pessoal do SuperTeam Brasil que ofereceu todo suporte necessário como mentorias e networking com grandes players do mercado de veículos elétricos. Isso foi e continua sendo de suma importância para o desenvolvimento e implementação da DeVolt.

Quais os próximos passos para o desenvolvimento do projeto?

  • Implementação de PoC (Proof of Concept): Realizar testes em estações de carregamento em concessionárias selecionadas em todo o Brasil.
  • Captação de Investimentos: Buscar investidores para escalonar a produção do hardware e expansão da rede.
  • Parcerias Estratégicas: Formar parcerias com empresas de energia e fabricantes de veículos elétricos para ampliar o alcance e a eficácia da solução.
  • Continuidade do Desenvolvimento Técnico: Aperfeiçoar continuamente a plataforma, focando em melhorar a usabilidade e a integração com outras tecnologias e serviços.
Melhores plataformas de criptomoedas | Maio de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados