Ver mais

Principal emissor de stablecoin investirá US$ 500 mi em mineração de BTC

3 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

O principal emissor de stablecoin do mercado pretende investir US$ 500 milhões em mineração de Bitcoin (BTC). A Tether revelou que isso faz parte dos novos planos da empresa, que deseja se tornar uma das maiores mineradoras de BTC do mundo.

De acordo com a empresa, a Tether está construindo instalações de mineração de Bitcoin na América do Sul e na América Central. Além disso, também tem planos de contribuir com 1% do poder computacional total da rede BTC.

A Tether alcançou fama e popularidade por ser a criadora da maior stablecoin do mercado. A capitalização de mercado do USDT aumentou em US$ 22 bilhões no ano passado. O USDT chegou a mais de US$ 87 bilhões neste mês de novembro.

US$ 500 milhões para atividades de mineração de Bitcoin

O novo CEO da Tether, Paolo Ardoino, revelou os detalhes sobre o interesse da empresa na mineração de Bitcoin em uma entrevista. Ardoino afirmou que a empresa destinará US$ 500 milhões para atividades de mineração de Bitcoin. Isso será realizado nos próximos seis meses.

Os valores serão destinados para a construção de instalações de mineração de Bitcoin e para o investimento em negócios de mineração de BTC já existentes.

O CEO Paolo Ardoino disse, também, que a Tether pretende estabelecer instalações de mineração de BTC em vários países. Dentre eles estão Uruguai, Paraguai e El Salvador. O plano é que cada uma das instalações tenha a capacidade de 40-70 megawatts.

A Tether está trabalhando para aumentar as suas operações de mineração direta até o final do ano para 120 megawatts. A empresa espera atingir 450 megawatts até o final do ano de 2025. A empresa também está considerando um local com capacidade de 300 megawatts.

Os planos da Tether com relação à mineração de Bitcoin (BTC) sinaliza a tentativa de diversificação da empresa e também pode ser um caminho alternativo para a obtenção de lucros.

>>> Visite o Bitcoin Minetrix <<<

Bitcoin Minetrix (BTCMTX) pode contribuir com a mineração de Bitcoin

O Bitcoin Minetrix (BTCMTX) é um novo projeto de criptomoeda e promete revolucionar a mineração de Bitcoin. O projeto tem como objetivo resolver problemas muito comuns na mineração do Bitcoin: o difícil acesso aos equipamentos necessários e os golpes de mineração em nuvem.

O projeto combina recursos de staking, um token ERC-20 e a mineração de Bitcoin em nuvem. Isso tem feito com que o Bitcoin Minetrix gere um grande interesse da comunidade cripto.

O tokenomics do Bitcoin Minetrix engloba a distribuição de seus 4 bilhões de tokens. O total de 42.5% será destinado para as recompensas dos mineradores; 35% serão para o marketing, impulsionando a imagem do projeto. Um total de 15% serão para a comunidade, incentivando a participação e crescimento e, por fim, 7.5% serão destinados para recompensas staking.

Staking com os tokens BTCMTX

As recompensas serão criadas a uma taxa de 158,5 BTCMTX por bloco, durante dois anos. Para participar do projeto, basta fazer staking com os seus tokens BTCMTX e ganhar créditos de mineração em nuvem. Esses créditos podem ser usados para extrair Bitcoin.

O Bitcoin Minetrix tem conseguido conquistar uma grande comunidade em torno do projeto ao arrecadar mais de US$ 4,1 milhões. No momento de redação deste artigo, os investidores interessados podem adquirir o token BTCMTX pelo valor de US$ 0,017. O projeto possui 10 etapas e o valor do token aumentará conforme os estágios são atingidos.

Conceito inovador Stake-to-Mine do Bitcoin Minetrix chama a atenção dos mineradores de Bitcoin

O conceito Stake-to-Mine é uma ideia inovadora e que promete fazer com que a mineração de Bitcoin seja algo possível para todas as pessoas interessadas, e não apenas para as que possuem maiores recursos financeiros para arcar com custos de equipamentos e eletricidade.

Os investidores do Bitcoin Minetrix precisam apenas ter uma carteira compatível com Ethereum, como a MetaMask, para comprar e fazer staking com os tokens BTCMTX. Isso torna as coisas muito mais simples. O staking de BTCMTX oferece créditos de token ERC-20 não negociáveis que devem ser queimados em troca de poder de mineração em nuvem BTC.

A mineração em nuvem elimina a necessidade de conhecimento técnico prévio, ou mesmo de configuração de hardware e manutenção. Isso faz com que seja fácil de usar e se torne mais acessível para iniciantes, já que a mineração em nuvem mantém a responsabilidade dos equipamentos necessários com as empresas de mineração e não com os investidores.

>>> Visite o Bitcoin Minetrix <<<

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

34043778c8ce560665524108fc72b7e1.png
Autor Сonvidado
Opinión de expertos de la industria de las criptomonedas compartida con BeInCrypto.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados