Ver mais

Por que o mercado de criptomoedas está em baixa hoje?

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O valor total do mercado das criptomoedas rompeu acima da área de resistência de US$ 770 bilhões.
  • Bitcoin rompeu sua linha de tendência de baixa.
  • TRX caiu abaixo de sua linha de tendência de alta.
  • promo

O valor total do mercado de criptomoedas (TOTALCAP) está negociado em um nível crucial de suporte horizontal e diagonal. O preço do Bitcoin (BTC) rompeu uma linha de tendência de baixa, enquanto o TRON (TRX) rompeu sua linha de tendência de alta.

Houve algumas notícias interessantes sobre o mercado cripto nas últimas 24 horas. O CEO da Celsius, Alex Mashinsky, foi processado pelo procurador-geral de Nova York por supostamente fraudar 26.000 nova-iorquinos. Mashinsky é acusado de fazer declarações enganosas e falsas sobre a segurança da Celsius.

O tribunal de falências de Nova York também intimou o cofundador da Three Arrows Capital (3AC) Kyle Davies. Ele foi intimado a fornecer documentos que permitam o acesso a 3AC. Em seguida, a Vauld rejeitou uma proposta de aquisição da empresa cripto Nexo, expressando preocupação com a liquidez desta última.

Por fim, a Silvergate Capital demitiu 40% de sua equipe devido a enormes perdas com a falência da FTX, que causou uma corrida aos bancos, resultando em US$ 8,1 bilhões em saques.

TOTALCAP está em nível crucial

O valor total do mercado de criptomoedas criou um padrão de fundo duplo (ícones verdes) dentro da área de suporte de US$ 752 bilhões entre 18 e 30 de dezembro. O fundo duplo é considerado um padrão de alta, o que significa que leva a novos saltos na maioria das vezes.

O TOTALCAP iniciou um movimento de alta logo depois e rompeu a área de resistência de US$ 770 bilhões na quarta-feira (4). Agora, está em processo de validação desse nível como suporte.

A área também coincide com uma linha de tendência de alta em vigor desde 30 de dezembro. Como resultado, uma queda na confluência desses níveis de suporte provavelmente provocaria uma queda acentuada em direção à área de suporte de US$ 752 bilhões. Por outro lado, se a recuperação for bem-sucedida, poderá ocorrer um movimento de alta em direção a US$ 810.

Se for bem-sucedido, seria esperado um salto em direção à próxima resistência em US$ 810 bilhões. Por outro lado, um fechamento abaixo da área de US$ 770 bilhões pode iniciar uma queda em direção à área de suporte de US$ 752 bilhões.

Gráfico do TOTALCAP no TradingView

Bitcoin rompe resistência

O preço do Bitcoin caiu abaixo de uma linha de resistência descendente em 16 de dezembro. A linha causou inúmeras quedas, a mais recentemente em 27 de dezembro (ícone vermelho). No entanto, o ativo iniciou um novo salto em 30 de dezembro e rompeu essa linha na última quarta-feira. Atualmente, está em processo de validação como suporte (ícone verde).

Se o movimento de alta atual continuar, a área de resistência mais próxima estará entre US$ 17.323 e US$ 17.574. Ela é criada pelos níveis de retração de 0,5-0,618 de Fibonacci.

Por outro lado, se o preço do BTC cair abaixo da linha de tendência de alta, ele poderá atingir o nível de US$ 16.300.

Gráfico do BTC no TradingView

TRX cai abaixo de suporte principal

O preço do TRX seguia uma linha de tendência de alta desde 14 de novembro. Ao fazê-lo, rompeu (círculo vermelho) o nível de retração de 0,5 de Fibonacci em US$ 0,055.

No entanto, o token não conseguiu sustentar esse movimento e caiu abaixo desse nível logo em seguida. Isso é considerado um desenvolvimento de baixa, já que os compradores não conseguiram sustentar a tendência.

Na quinta-feira (5), o preço do TRX caiu abaixo dessa linha de tendência de alta. Atualmente, está negociado a US$ 0,050. Devido ao rompimento, o cenário de preço futuro mais provável é uma queda para US$ 0,045. Recuperar a área de US$ 0,055 significaria que a tendência voltou a ser de alta.

Gráfico do TRX no TradingView
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados