Bitcoin btc
$ usd

Por que o mercado de criptomoedas está em baixa hoje, 07/07/2023?

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • O TOTALCAP caiu abaixo de uma área horizontal crítica e está em processo de validação como resistência.
  • O Bitcoin não conseguiu sustentar seu movimento de alta, apesar de sair de um triângulo simétrico.
  • A Fantom foi rejeitada pela área de resistência horizontal de US$ 0,32.
  • promo

O Bitcoin (BTC) e a capitalização total do mercado de criptomoedas (TOTALCAP) caíram abaixo de níveis horizontais críticos nas últimas 24 horas, um sinal de que podem ter atingido topos locais. Enquanto isso a Fantom (FTM) caiu depois de não conseguir ultrapassar uma área de resistência horizontal.

Nas notícias, a indústria de tokens não fungíveis (NFTs) continuou a encolher no segundo trimestre, registrando uma queda de 38% no volume e uma queda de 9,2% nas vendas. Além disso, o número de traders deste segmento diminuiu consideravelmente.

TOTALCAP cai abaixo de suporte crítico

O TOTALCAP estava em tendência de alta desde que saltou na área de suporte de US$ 980 bilhões em 15 de junho. Seu preço rompeu acima de um canal paralelo de alta em 20 de junho, culminando com uma alta de US$ 1,19 em 3 de julho.

No entanto, não conseguiu sustentar seu aumento e caiu abaixo da área de US$ 1,15 trilhão em 6 de julho. Isso é considerado um sinal de baixa, pois o rompimento anterior não pôde ser sustentado (círculo vermelho).

Por que o mercado de criptomoedas está em baixa hoje, 07/07/2023?
Gráfico do TOTALCAP no TradingView

Se o movimento de baixa continuar, o TOTALCAP pode cair para a área de suporte mais próxima em US$ 980 bilhões. No entanto, se recuperar a área de US$ 1,15 trilhão novamente, o preço pode subir para a próxima resistência em US$ 1,30 trilhão.

Bitcoin cria candle de baixa

Da mesma forma que o TOTALCAP, o BTC aparentemente saiu da área de resistência de US$ 30.500 em 3 de julho. Ele atingiu uma nova máxima anual de US$ 31.500 três dias depois. No entanto, o preço não conseguiu sustentar seu movimento de alta, criando um candle estrela cadente de baixa (ícone vermelho).

Este tipo de candle é caracterizado por um pavio superior muito longo e um fechamento de baixa. Muitas vezes indica que o preço atingiu um topo local. O BTC caiu depois e fechou abaixo da área de US$ 30.500, que agora deve atuar como resistência.

Por que o mercado de criptomoedas está em baixa hoje, 07/07/2023?
Gráfico do BTC no TradingView

Se o preço voltar a cair, o suporte mais próximo será em US$ 28.900. No entanto, se recuperar a área de US$ 30.500, poderá subir para a próxima resistência em US$ 33.000.

FTM falha em romper resistência

A Fantom aumentou consideravelmente desde 10 de junho. O preço atingiu uma alta de US$ 0,33 em 25 de junho.

No entanto, não conseguiu limpar a área de resistência de US$ 0,32, criando um topo mais baixo em 3 de julho. O ativo tem estado em tendência de baixa desde então.

Por que o mercado de criptomoedas está em baixa hoje, 07/07/2023?

Se o movimento atual continuar, o suporte mais próximo será encontrado em US$ 0,20. No entanto, se a FTM recuperar o equilíbrio, ela poderá tentar mover-se novamente para a resistência de US$ 0,32.

Como a área de US$ 0,20 está abaixo da mínima de 10 de junho, uma queda significará que a tendência ainda é de baixa.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados