Ver mais

Polygon, Solana e Monero – Análise de criptomoedas

2 mins
Por Benjamu00edn Isaza
Traduzido Anderson Mendes

Confira a análise técnica da movimentação de preços da Polygon (MATIC), Solana (SOL) e Monero (XMR).

Polygon (MATIC)

A Polygon luta para recuperar a barreira dos US$ 0,85. O par MATIC/USD recuou 20% desde seu topo, atingindo US$ 1,1 em 11 de janeiro.

No curto prazo, se não conseguir recuperar a barreira dos 0,85 dólares, poderá apresentar uma continuidade de baixa em direção a 0,65 dólares.

Polygon, Solana e Monero - Análise de criptomoedas
Gráfico da MATIC no TradingView

A probabilidade de apresentar uma recuperação no curto prazo é de apenas 24%. Se conseguir superar a barreira atual, significará uma continuidade de alta com meta em US$ 0,92.

Solana (SOL)

A Solana recuperou parcialmente a barreira dos US$ 100. O par SOL/USD está negociado acima de uma área de confluência de preços muito importante.

A recuperação do nível de US$ 100 propõe uma possível continuidade com uma meta de US$ 120 e US$ 140. No entanto, o ambiente fundamental em torno da rede exige cautela no curto prazo.

Se ocorrer um falso rompimento, o preço pode continuar buscando a área de US$ 107, onde se espera uma reação da força vendedora, projetando assim uma continuidade de baixa com uma meta de US$ 77.

Polygon, Solana e Monero - Análise de criptomoedas
Gráfico da Solana no TradingView

O indicador PPO ainda apresenta sinal positivo com maior controle por parte dos compradores.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

Monero (XMR)

A Monero não conseguiu se recuperar e voltou a cair outros 10% durante o último pregão.

O par XMR/USD sofreu uma queda acentuada de mais de 40% em seu valor de preço após a saída da criptomoeda Binance. Apesar de seu flash crash, conseguiu recuperar seu preço perto da área de US$ 134.

No curto prazo, pode experimentar uma lateralização como uma acumulação entre US$ 134 e US$ 97.

Polygon, Solana e Monero - Análise de criptomoedas
Gráfico da XMR no TradingView

A batalha contra as moedas de privacidade ainda continua. Se o processo regulatório for acelerado, poderá continuar a afetar o valor deste setor.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados