Photoshop vai ganhar certificação de NFTs

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • Recurso do Photoshop vai integrar identidade da Adobe a NFTs.
  • Ferramenta é uma forma de certificar a autenticidade do token.
  • Iniciativa pretende combater fraude e roubo de tokens.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A Adode, criadora da Photoshop, anunciou o lançamento de um sistema que vai permitir que seus clientes convertam imagens em NFT.

Os clientes do Photoshop terão acesso ao que foi chamado de Credenciais de Conteúdo, um recurso que ajuda a provar a identidade do criador do token não-fungível (NFT). O sistema também poderá dvincular o ID da Abobe ao ativo.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Estas ferramentas procuram criar uma espécie de certificado de autenticidade que será exibida nos mercados compatíveis. Ele será usado para provar que o vendedor do token é mesmo o criador da arte.

Os novos produtos foram antecipados pelo diretor de criação da Adobe, Scott Belsky, em entrevista para o The Verge. A funcionalidade será incorporada ao Photoshop através de uma opção chamada “preparar como NFT”, cujo lançamento está previsto para o final de outubro. 

Belsky acrescenta que os dados de atribuição criados pelas credenciais de conteúdo viverão em um sistema IPFS. O sistema é uma forma descentralizada de hospedar arquivos em que uma rede responsável por manter os dados seguros e disponíveis.

A Adobe afirma que mercados NFT como OpenSea, Rarible, KnownOrigin e SuperRare serão capazes de se integrar com as Credenciais de Conteúdo para mostrar as informações de atribuição da Adobe.

Boom do NFT levou ao surgimento de fraudes

O roubo de arte se tornou um grande negócio no universo dos NFTs após vendas milionárias recentes. Houve muitos exemplos de pessoas que cunharam artes que não criaram ou pela qual não tinham direitos.

Isto ocorre por que qualquer um pode cunhar um NFT, mesmo que não possua os direitos autorais do conteúdo, e não há nada que o blockchain possa fazer para impedir isso. 

Pior, a cunhagem é consagrada no blockchain, fazendo com que a criação do token pareça autêntica se você não tiver conhecimento do trabalho original. Este sistema não torna mais difícil cunhar um NFT de mídia dos quais você não possui os direitos, mas pode tornar o ativo menos atraente para o mercado cripto.

Em outras palavras, qualquer um poderia clicar com o botão direito em uma imagem existente de um NFT e o cunhar novamente, potencialmente enganando compradores desavisados. Embora o sistema da Adobe não impeça o roubo de arte, ele oferece uma maneira de provar que o NFT que você está vendendo não é roubado – depois disso, cabe aos compradores decidir quanto valor eles atribuem a isso.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.