Ouro atinge maior baixa em 9 meses enquanto Bitcoin se recupera

Atualizado por Caio Nascimento
EM RESUMO
  • O ouro atingiu o seu valor mais baixo dos últimos nove meses nesta segunda-feira (8).
  • Enquanto isso, o bitcoin se recupera e volta a valer mais de US$ 50.000.
  • Em 2021, os ganhos do bitcoin chegam a 72,62%, enquanto o ouro deu um retorno negativo de 11%.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

O ouro atingiu o valor mais baixo dos últimos nove meses nesta segunda-feira (8). O metal precioso está em constante declínio em 2021, apesar da chegada de um superciclo de commodities.

O ouro costuma ser usado como um ativo de reserva de valor que geralmente se mantém firme apesar do clima macroeconômico. Este ano, no entanto, em meio à pandemia global e aos mercados turbulentos, o ouro está em declínio constante.

2021 não está sendo o ano do ouro

Nesta segunda-feira, 8 de março, o ouro está sendo negociado a US$ 1.687 a onça. Com esse valor atual, o ouro já perdeu mais de 11% do valor no acumulado do ano.

ouro baixa
Desempenho do ouro em 2021. Fonte: TradingView

Em contraste, o Goldman Sachs proclamou no início do ano que este poderia ser o início de um “mercado de alta estrutural muito mais longo para commodities”.

Até mesmo o famoso banco norte-americano JPMorgan afirmou que as commodities parecem ter iniciado um novo superciclo de ganhos que deve durar o ano inteiro. 

A aposta parece provável devido à aposta de Wall Street por uma recuperação econômica robusta do revés da pandemia e valorização de ativos que atuam como uma proteção contra a inflação.

bitcoin ouro

Um superciclo de commodities poderia estar chegando com base nas opiniões de especialistas do setor, e também à medida que as restrições impostas pelo Covid-19 vem sendo lentamente suspensas entre os países. Dessa forma, o comportamento do ouro se mostra atípico, considerando que outros metais como prata, cobre e níquel estão em alta.

  • Bitcoin x ouro: o que especialistas dizem que ocorrerá no longo prazo

Bitcoin se recupera e volta a subir

Enquanto isso, o Bitcoin (BTC) tem se recuperado das quedas que atingiram o mercado no dia 22 de fevereiro. Por outro lado, a desvalorização generalizada levou investidores institucionais como a MicroStrategy e Square a estrategicamente, comprar a queda.

Nesta segunda-feira, depois de um período de incertezas e liquidações, o bitcoin voltou a ultrapassar a marca de US$ 50.000. No momento em que este artigo é escrito, o bitcoin está atualmente sendo negociado na faixa de US$ 50.777. 

ouro baixa

Esta recuperação no preço deu esperança aos touros mais uma vez, esperando que o ativo suba daqui em diante. Na primeira vez que o bitcoin ultrapassou os US$ 50.000, o ativo subiu tanto que bateu sua máxima histórica em US$ 58.341, no dia 21 de fevereiro.

Além disso, constantemente o bitcoin é chamado de “ouro digital”. Neste ritmo, as comparações do BTC com o ouro como ativo de reserva seguem se intensificando. Por outro lado, ao comparar os retornos recentes dos dois ativos, é evidente que o bitcoin tem proporcionado retornos superiores aos investidores. 

Conforme destacou um análise da Bloomberg, a substituição do ouro pelo bitcoin “já está acontecendo”. Isso porque os ganhos acumulados do bitcoin do ano são 72,62%, enquanto o ouro deu um retorno negativo de 11% no ano até o momento.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.