Ver mais

O que esperar da Polygon (MATIC) após a resistência de longo prazo ser rompida?

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

A Polygon (MATIC) rompeu uma linha de tendência de baixa que estava em vigor há mais de 780 dias.

Será este o início de um novo ciclo de alta ou a MATIC não conseguirá sustentar o ímpeto atual?

Polygon faz rompimento

A análise técnica do gráfico semanal mostra que a Polygon rompeu uma linha de tendência de baixa de 780 dias na semana passada. O fechamento foi o mais alto desde abril de 2023.

Embora a MATIC tenha caído ligeiramente desde o rompimento, ainda testou novamente a linha de resistência como suporte esta semana, um movimento comum após tais rompimentos.

O que esperar da Polygon (MATIC) após a resistência de longo prazo ser rompida?
Fonte: TradingView

Apesar de romper essa resistência diagonal de longo prazo, o preço ainda não rompeu a principal área de resistência horizontal, que atua tanto como suporte quanto como resistência desde julho de 2021.

No entanto, o Índice de Força Relativa (RSI) semanal apresenta uma leitura otimista. O indicador está acima de 50 e aumentando, ambos sinais de tendência de alta.

Previsão de preço

A análise técnica do período diário apoia os sinais vistos na análise semanal. Isso se deve a ação do preço, a contagem de ondas e leituras do RSI.

A ação do preço mostra que a Polygon saiu do topo de sua faixa de US$ 0,95 e a validou como suporte (ícone verde). Este movimento foi combinado com uma divergência de alta oculta no RSI diário (linha de tendência verde).

A contagem de ondas prevê um aumento contínuo bem acima de US$ 1. A contagem mais provável sugere que o preço está na onda três de um movimento de cinco ondas. Dar à onda três o mesmo comprimento da onda um levará a uma alta de US$ 1,55, 60% acima do preço atual.

Apesar da previsão de alta, um fechamento diário abaixo de US$ 0,95 significará que o topo local foi formado. Então, a MATIC pode cair 25% para o suporte mais próximo de US$ 0,74.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados