Movimentação do Bitcoin (BTC) gera expectativa de topo em US$ 28.400

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Bitcoin caiu para validar um importante nível de suporte.
  • A queda na volatilidade e os indicadores técnicos sugerem que um grande movimento é iminente.
  • A meta para um possível movimento de alta é de US$ 28.400.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

O Bitcoin (BTC) conseguiu atingir um topo local em US$ 24.245, antes de cair para validar uma importante área de suporte horizontal. Se conseguir se manter acima desse nível, um salto em direção a US$ 28.400 pode ser iniciado nos próximos dias.

O Bitcoin está em tendência de baixa desde que atingiu seu preço recorde de US$ 69.000 em novembro de 2021. Desde então, o ativo formou uma mínima de US$ 17.592 em 18 de junho. O movimento representou uma desvalorização de 75% em relação a sua máxima histórica.

No entanto, o ativo iniciou uma recuperação desde então, voltando a sem manter acima da média móvel de 200 semanas (MA 200).

No final de julho, o ativo conseguiu recuperar a média móvel semanal de 200, que atualmente está em US$ 22.950. Curiosamente, essa área permanece em confluência com vários outros níveis de suporte importantes, que em breve devem permitir que o BTC se recupere:

  • resistência/suporte horizontal em US$ 22.950 (linha vermelha)
  • a mediana do canal paralelo de alta
  • média móvel de 200 dias (linha roxa)
Gráfico do BTC no TradingView

Indicadores técnicos

No gráfico acima, é possível observar a assinatura do volume de negociação do BTC, que vem caindo constantemente desde as mínimas de junho.

A linha de tendência deste declínio (azul) sugere que o período de correção está chegando ao fim. No final desta semana ou no início da próxima, devemos esperar uma quebra de volume, o que provavelmente levará a um forte movimento de alta ou baixa.

Uma leitura idêntica é fornecida pelo indicador Bollinger Band Width Percentile (BBWP), que mede a volatilidade de um ativo. Nos últimos três dias, ele atingiu mínimas extremas de menos de 1% (barras azuis). Isso sugere que o Bitcoin está se preparando para outro movimento.

Gráfico do BTC no TradingView

O RSI diário, por outro lado, está dando leituras moderadamente otimistas. Primeiro, desde as mínimas de junho, ele seguiu a linha de tendência de alta (laranja), que foi testada várias vezes. Então, desde o final de julho, está acima do nível 50, o que sugere um momento de alta.

Assim, se o RSI saltar novamente na linha de tendência (seta azul) e permanecer acima de 50, será um forte sinal de uma tendência de alta. No entanto, uma perda de suporte e uma queda abaixo de 50 podem iniciar uma continuação da tendência de baixa. Então as áreas de suporte da primeira seção provavelmente seriam perdidas.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Bitcoin pode atingir US$ 28.400?

Se o momento de alta continuar, o Bitcoin poderá atingir em breve a faixa de preço de US$ 27.500 a US$ 28.600. Este é o intervalo do chamado gap CME gerado por uma rápida queda entre 11 e 12 de junho.

Além disso, a média móvel exponencial de 21 semanas (21 EMA) está atualmente localizada em US$ 28.400. Esta área tem servido historicamente como suporte em ciclos de alta ou resistência em ciclos de baixa. Portanto, sua revalidação parece provável e dá um alvo para o próximo movimento do BTC.

A mesma meta é obtida com base no triângulo de alta que se gerou após a mínima de 18 de junho. Este triângulo é considerado um padrão de continuação ou reversão da tendência de alta após uma tendência de baixa. A meta técnica é de US$ 28.350, o que apenas adiciona confluência à análise.

Gráfico do BTC no TradingView

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.