Ver mais

‘Metaverso veio para ficar’, diz CEO da Microsoft

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O CEO da Microsoft, Satya Nadella, comentou sobre os planos que a gigante da tecnologia possui em relação ao metaverso.
  • O atual líder da companhia destacou que a tecnologia veio para ficar, sendo capaz de trazer novas experiências de realidade para os usuários.
  • Ambientes de encontro e jogos em realidade virtual são dois dos principais focos da empresa.
  • promo

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, comentou sobre os planos que a gigante da tecnologia possui em relação ao metaverso.

Em conferência realizada no último domingo (2), Nadella destacou os passos que a Microsoft pretende dar no metaverso. O atual líder da companhia destacou que a tecnologia veio para ficar, sendo capaz de trazer novas experiências de realidade para os usuários:

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

“O Metaverso nos permite incorporar a computação ao mundo real e incorporar o mundo real à computação. Trazendo presença real para qualquer espaço digital. O mais importante é que somos capazes de trazer nossa humanidade conosco e escolher como queremos experimentar este mundo. ”

Além disso, foi anunciado o lançamento de um novo produto em relação a esse segmento de realidade virtual, o Dynamics 365 Connected Spaces.

Microsoft e metaverso

A entrada da Microsoft no ambiente de realidade virtual se dará por meio de uma série de atualizações na plataforma de reunião virtual da empresa, o Microsoft Teams.

Conhecida como Mesh, essa série de atualizações devem ser inseridas em 2022, dando aos usuários a possibilidade de criar avatares e ambientes digitais personalizados no metaverso. Segundo a empresa, será possível acessar essa realidade virtual “de qualquer dispositivo, sem a necessidade de equipamento especial”.

A companhia ainda pretende oferecer para empresas e grandes instituições a possibilidade de realizar reuniões e outras experiências de encontros sociais aos seus colaboradores neste ambiente de realidade virtual.

Além disso, a Microsoft espera lançar o Dynamics 365 Connected Spaces ainda neste ano. O projeto permitirá que empresas mesclem inteligencia artificial e o metaverso com os seus ambientes de negócios reais, no que foi denominado de “um ambiente de trabalho híbrido”.

“O metaverso está aqui e não está apenas transformando a forma como vemos o mundo, mas como participamos dele – do chão de fábrica à sala de reuniões. Dê uma olhada.”

Foco em jogos

Conforme destacado por Nadella à Bloomberg TV, outro foco da Microsoft em relação ao metaverso será no desenvolvimento de novos jogos para a sua linha de consoles, o Xbox.  

“Você pode absolutamente esperar que façamos coisas em jogos. Se você considerar o Halo como um jogo, ele é um metaverso. O Minecraft é um metaverso, assim como o Flight Sim. Em certo sentido, eles são 2D hoje e a questão é: você pode agora levar isso para um mundo totalmente 3D, e nós planejamos fazer isso”.

O mercado de jogos digitais parece ser um dos segmentos que mais será afetado pela exploração do metaverso. Após o anúncio da mudança de nome do Facebook para Meta, em tentativa de evidenciar os esforços da empresa de se voltar mais para essa tecnologia, uma forte valorização foi vista em diversas criptomoedas ligadas a jogos descentralizados que podem explorar esse ambiente de realidade virtual.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados