Ver mais

Mercado Bitcoin fecha parceria e oferece investimentos cripto a 55.000 novos clientes

2 mins
Atualizado por Airí Chaves

EM RESUMO

  • O Mercado Bitcoin se uniu à EQI Investimentos com objetivo de criar uma nova empresa para oferecer criptomoedas e outros ativos.
  • Exchange é considerada a maior corretora cripto do Brasil.
  • A EQI assessora e faz a gestão de ativos com aproximadamente R$ 14,5 bilhões sob custódia.
  • promo

O Mercado Bitcoin se uniu à EQI Investimentos com o objetivo de criar uma empresa e oferecer o acesso a criptomoedas e outros ativos digitais para carteiras qualificada.

O Mercado Bitcoin, considerado a maior exchange brasileira e primeira unicórnio cripto da América Latina, resolveu ampliar seus negócios, se unindo à EQI Investimentos, uma das maiores assessorias de investimentos do país.

A ideia das duas empresas é unir as suas experiências no mercado cripto e oferecer aos usuários e interessados a oportunidade de investir em criptomoedas.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O Mercado Bitcoin

De um lado temos, o Mercado Bitcoin, que negocia além de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, com uma infinidade de outros ativos digitais, como tokens de precatórios, de consórcios, além dos direitos do Mecanismo de Solidariedade da FIFA. A empresa possui mais de 140 tipos de ativos que serão oferecidos aos 55 mil clientes da EQI, que já possui R$ 14,5 bilhões sob custódia.

A empresa é associada à Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto), que tem um código de conduta pela prevenção à lavagem de dinheiro e pelas práticas de compliance. Atualmente, o Mercado Bitcoin conta com 3,5 milhões de clientes.

EQI

Do outro, está a EQI, que assessora e faz a gestão de ativos, além de ter uma carteira com os produtos de investimentos, que passará a ser acessível aos clientes do Mercado Bitcoin.

A empresa se prepara para se tornar uma corretora de valores nos próximos meses e vê essa união com boas expectativas e a possibilidade de dobrar os seus clientes.

Reinaldo Rabelo, CEO do MB, falou sobre a união das duas empresas:

 “Desde nossa fundação, conquistamos cerca de 3,5 milhões de clientes.  Agora, pretendemos aumentar esse número, diversificando o canal por meio dessa iniciativa focada no B2B. Vamos alcançar mais pessoas, com um ticket médio de investimento importante e que estão à procura de novas formas de retorno, com segurança e liquidez”.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

BIC_userpic_sb-08.jpg
Priscila Gorzoni
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, em ciências sociais pela USP, em direito pela Universidade Mackenzie, lato sensu em Fundamentos da arte e cultura pela Unesp-SP e mestre em história pela PUC SP. Iniciei minha carreira nas revistas passando por publicações como Bons Fluidos, Nova, Cláudia, Saúde. Mundo Estranho, Superinteressante e National Geographic Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados