Ver mais

LNR: Conheça o contrato inteligente mais antigo do Ethereum, criado em 2015

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • O Linagee Name Registrar é considerado o serviço de nomes Web3 mais antigo
  • Contrato inteligente foi implantado em 2015.
  • Os donos dos registros podem listar seus nomes de domínio no OpenSea.
  • promo

O pesquisador Mason Keresty descobriu o contrato inteligente mais antigo da rede Ethereum (ETH) foi criado em 2015 por um desenvolvedor chamado Linagee.

Batizado de Linagee Name Registrar (LNR), o contrato inteligente recém-descoberto permite aos usuários cunhar tokens não fungíveis (NFTs) de nomes de domínio sensíveis a maiúsculas e minúsculas por US$ 0,70 e incrementá-los por até US$ 4 para listar na OpenSea.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O contrato foi criado no dia 8 de agosto de 2015 e processou 414.112 transações até agora, de acordo com a Etherscan. O site de análise de NFTs DuneAnalytics registra 30.025 nomes de domínio agrupados. Cerca de 60 foram cunhados em 2015.

O fundador do GenerativeNFTs.io, Jim Dee, disse que o contrato inteligente não é verificado, o que poderia explicar por que permaneceu em sigilo por sete anos. Uma pessoa não técnica veria apenas o bytecode sem sentido.

Keresty co-lançou o LNR Discord com os desenvolvedores em 2 de outubro de 2022.

O LNR segue o Ethereum Name Service ao lançar nomes legíveis por humanos como NFTs na blockchain Ethereum

A ENS, que começou em 2017 como parte da Ethereum Foundation e mais tarde se tornou uma organização independente, resolvendo o problema da Web3 de precisar inserir uma sequência de letras e números para enviar NFTs ou criptomoedas a usuários.

Em vez disso, alugando nomes de domínio ENS por uma taxa anual, o endereço da carteira de destino pode ser substituído por uma nomenclatura legível terminando em “.eth”, reduzindo o risco de enviar tokens para o endereço errado.

LNR já tem clubes de nomes de domínio como ENS

Os nomes de domínio LNR terminam em “.og”, semelhante a como os domínios Ethereum Name Services (ENS) terminam em “.eth”. O historiador de NFTs LeonidasNFT já reivindicou o nome de domínio Leonidas.og e participou ativamente da comunidade LNR desde a descoberta do contrato inteligente.

Como o ENS 10K Club, as comunidades se formaram em torno de domínios LNR. O clube ENS 10K é uma comunidade exclusiva com endereços ENS 0-9999 ETH. LeonidasNFT deu o equivalente LNR de um endereço de 10 mil ao usuário do Twitter BuyseSandra em 1º de outubro de 2022.

Linagee é uma combinação do sistema operacional de computador Linux e Apogee, um estúdio de jogos responsável pelo videogame Wolfenstein 3D.

Não está claro se os domínios LNR têm alguma utilidade além da especulação. Ao contrário do Ethereum Name Service, que atualmente é compatível com a maioria das carteiras ETH, não houve nenhuma palavra dos desenvolvedores do projeto sobre o suporte à carteira.

EtherID2015 cede coroa de serviços de nome

Até a descoberta dos domínios LNR, acreditava-se que o EtherID2015 era o projeto de nome de domínio mais antigo da rede ETH, lançado em 30 de novembro de 2015. Outras coleções NFT iniciais incluem Punycodes2011 e Namecoin. A BitDomains2011 foi uma das primeiras coleções NFT a serem estabelecidas.

No momento desta publicação, LeonidasNFT disse que espera que os colecionadores de domínio comecem a “nerd out” sobre coleções historicamente notáveis.

Atualmente, o preço de venda mais alto é para o nome de domínio ‘412’, vendido por 3 ETH.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados