Lista de fintechs da Forbes inclui Nubank e startups cripto

2 mins
Por Martin Young
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Os fundadores da Uniswap e da Avalanche estão entre os listados.
  • Cerca de um terço dos trinta eram relacionados a criptomoedas.
  • Não, Sam Bankman-Fried não foi escolhido este ano!
  • promo

Apesar de um ano extremamente sombrio para a indústria cripto, alguns executivos e fundadores ainda estão recebendo reconhecimento.

A Forbes publicou recentemente sua lista Fintech ’30 under 30′, e um número surpreendente de executivos e fundadores de criptomoedas estão incluídos. O fundador do aplicativo de transferência de dinheiro na África, Ham Serunjogi, foi a capa de sua atualização de 2023 para jovens empreendedores. A revista também homenageou muitos líderes proeminentes da indústria.

A lista abrange serviços financeiros tradicionais, fintech, cripto e blockchain. Houve mais de mil indicações, mas apenas 30 foram selecionadas. Os jurados incluíram o cofundador e CEO do banco digital brasileiro Nubank, David Vélez e o cofundador da OpenSea, Alex Atallah.

Startups cripto continuam construindo

A Forbes reconheceu a queda de 70% nos preços das criptomoedas no ano. No entanto, também reconheceu o trabalho que os fundadores e executivos da indústria fizeram durante o ano.

“Apesar da queda acentuada nos preços das criptomoedas no ano, os empreendedores de ativos digitais continuam ganhando força rapidamente e têm um amplo impacto, e tiveram uma forte presença na lista deste ano.”

A lista incluía o fundador da Uniswap, Hayden Adams, aos 28 anos. Ele lançou a plataforma de exchange descentralizada e troca de tokens em 2018, que tem sido muito bem-sucedida desde então. A Uniswap processou mais de US$ 1 trilhão em volume de negociações desde o seu lançamento.

O cofundador da Avalanche, Kevin Sekniqi, também fez parte da lista. A blockchain de alto rendimento também foi extremamente bem-sucedida, apesar do inverno cripto atual. Outras figuras proeminentes que fizeram parte da lista incluem a diretora da The Graph Foundation, Eva Beylin, e a parceira da Castle Island Ventures, Ria Bhutoria. Os cofundadores do Connext Labs, Arjun Bhuptani e Layne Haber, também foram mencionados, assim como o presidente da Jump Crypto, Kanav Kariya.

O parceiro da Blockchain Capital, Kinjal Shah, o fundador da Frax Finance, Sam Kazemian, e o fundador da MoonPay, Victor Faramond, também foram incluídos.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

30% dos empreendedores são relacionados a cripto

Cerca de um terço das trinta fintechs têm laços com a indústria cripto. Isso deu mais peso, apesar do ano sombrio. A maioria dos listados está associada a bancos de investimento ou capital de risco.

Vitalik Buterin fez parte da lista de prestígio em 2018, assim como o fundador da Polychain Capital, Olaf Carlson-Wee. A lista de 2021 incluía o ex-CEO da FTX Sam Bankman-Fried. Além disso, nove empresas da indústria cripto fizeram parte da lista ‘Fintech 50’ da Forbes no início deste ano.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados