Pai do Linux altera sistema operacional para dizer que é Satoshi Nakamoto

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • O criador do Linux, Linus Torvald, alterou o kernel do sistema operacional para dizer que é Satoshi Nakamoto.
  • Não se sabe se a mudança é uma confissão ou uma brincadeira do programador, que tem as credenciais necessárias para isso.
  • Torvald já havia sido cogitado como a face por trás do pai do Bitcoin antes.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

O criador do Linux, Linus Torvalds alterou o kernel de seu sistema operacional para incluir uma linha na qual afirma ser Satoshi Nakamoto, o pai do Bitcoin.

Ainda não se sabe as intenções de Linus Torvalds com essa alteração. Por um lado, ela pode ser uma confissão de autoria da criptomoeda, mas tudo indica que isto seja uma brincadeira do pai do Linux.

A alteração consiste na adição de uma única linha, que diz “Name = I am Satoshi”.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

O kernel do sistema operacional é como se fosse seu núcleo, que comanda todas as operações necessárias para que ele possa funcionar. Embora esta parte do software exista também no Windows e no Android, por exemplo, ela é mais conhecida no Linux, uma vez que suas várias distribuições seriam, a grosso modo, coberturas diferentes do mesmo bolo.

Embora não haja confirmação de que o pai do Linux tenha qualquer ligação com a criação do Bitcoin, muitos fatores indicam que ele, pelo menos, tem as habilidades mínimas necessárias para ser um candidato a Satoshi Nakamoto, inclusive experiência com a tecnologia blockchain, que existia antes da própria criptomoeda e a inclinação ao uso de softwares de código aberto.

Esta não também não é a primeira vez que o nome de Linus Torvalds é cotado para o cargo de pai do Bitcoin. O pai do Linux já foi interrogado sobre o assunto em várias conferências, mas sempre negou responder se era ou não Satoshi Nakamoto.

Mistério de Satoshi Nakamoto já dura mais de uma década

Digressões sobre a verdadeira identidade do misterioso criador do Bitcoin existem desde que criptomoeda foi criada. Os poucos posts que o programador fez nos fóruns de desenvolvedores são até hoje estudados em busca de pistas que levem à sua identificação, todas sem sucesso.

Isto não impediu que várias teorias sobre o assunto fossem criadas ao longo dos anos. A que esteve em maior evidência nos últimos meses foi a do cientista da computação Craig Wright, que esteve envolvido em uma disputa nos Estados Unidos na qual alegava ser parte da equipe de criação do Bitcoin.

Ainda assim, a única pessoa que parece acreditar que Wright é Nakamoto é o próprio Wright. Pressionado pelos tribunais a fornecer provas de sua identidade, o empresário recuou. A comunidade cripto, como um todo, estaria disposta a aceitar Wright como Nakamoto, desde que ele comprovasse que possui acesso à lendária carteira do criador da criptomoeda, que contém mais de 150 BTC e está parada há mais de dez anos.

O mistério da origem do Bitcoin também transcendeu o mundo cripto e foi parar na literatura. Em 2021, o livro “Satoshi”, escrito pelo brasileiro Rafael Boskovic, propõe sua própria teoria sobre a identidade do pai do Bitcoin. Entretanto, a resposta para o quebra-cabeças foi escondida atrás de outro, que precisa ser desvendado pelo leitor.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.