Ver mais

Lemon Cash anuncia cartão cripto com cashback no Brasil

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Exchange argentina Lemon Cash irá lançar um cartão cripto com cashback em Bitcoin no Brasil em junho deste ano.
  • Cartão pode gerar entre 2 a 3 milhões de clientes para a exchange, segundo o seu CEO.
  • Brasil "será o maior mercado de criptomoedas da América Latina”, diz o CEO da Lemon Cash.
  • promo

Com planos de expandir sua atuação para o Brasil, a exchange argentina Lemon Cash pretende lançar em junho deste ano um cartão cripto que ofereça cashback em Bitcoin (BTC).

Considerada uma das maiores exchanges da Argentina, a Lemon Cash já oferece para os usuários do país vizinho o seu cartão de débito cripto desde 2020. Com ele, usuários podem usar suas criptomoedas para realizar compras em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira Visa.

Enquanto o valor gasto é debitado na criptomoeda que o usuário possui depositada na exchange, o comerciante recebe o valor da venda diretamente na moeda local do país. O futuro cartão ainda promete cashback em Bitcoin (BTC) para os seus usuários, apesar de não ser anunciado qual % será oferecida.

Em entrevista à Blomberg Línea, o CEO da Lemon Cash, Marcelo Cavazzoli, se mostrou confiante de que o futuro cartão irá atrair muitos clientes para a exchange no país. Segundo ele, a empresa espera alcançar entre dois a três milhões de brasileiros nos 12 meses após o lançamento do produto.

No entanto, a empresa não seria a primeira a oferecer um cartão cripto no país, nem em ofertar cashback em BTC para os seus clientes. Por aqui, a fintech Alter ganhou grande destaque após lançar um cartão que retornava 1% do valor gasto durante o mês.  

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Importância do Brasil para a Lemon Cash

Cavazzoli ainda destaca que as intenções da Lemon Cash em expandir para o Brasil se deve pela crença de que “o país será o maior mercado de criptomoedas da América Latina”. Atualmente, a exchange possui quatro funcionários no país, com planos de expandir esse número para pelo menos 60 até o final do ano.

Atualmente, a empresa já oferece no Brasil a versão beta do seu aplicativo, que é o mais baixado na Argentina, estando na frente dos apps de grandes exchanges globais como a Binance e Bitso.

Por falar em aplicativos, dados da Statista mostram que os brasileiros já fizeram mais de 7,2 milhões de donwloads de apps cripto em 2022. Esse número foi de longe o maior em toda a América Latina. Em segundo lugar está a Argentina, com 2,4 milhões.

Apesar de ser responsável por quase 50% das transações de criptomoedas no país, a Binance não está no topo desta lista por aqui. Curiosamente, o aplicativo da Crypto.com é o mais baixado no Brasil quando se trata de criptomoedas.

A exchange de Singapura, que tem tido grande destaque pelas parcerias firmadas no mundo dos esportes, foi responsável por quase 20% dos downloads realizados no ano. Vale lembrar que a empresa também oferece cartões cripto no Brasil. No entanto, sua comunidade brasileira (e global) teceu diversas críticas à exchange após o anúncio do corte de recompensas oferecidas, o que fez a empresa recuar e buscar novas formas de agradar seus clientes.

Foco na população jovem

Por fim, o CEO da Lemon Cash comenta que o principal foco da exchange no país será atrair o público mais jovem, mostrando as vantagens da indústria cripto em relação ao sistema financeiro tradicional.

“Na Argentina, muitas pessoas já não usam mais bancos. Nosso alvo são pessoas entre 18 e 30 anos, nascidas em um mundo já digital. São elas que vão atrair usuários mais velhos”.

Cavazzoli conclui que a “geração que ensinou os pais a usarem a internet agora vai aprender com seus filhos como funciona o mundo cripto”.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados