Ver mais

Justiça manda Instagram reativar conta de brasileiro que promoveu pirâmides

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • Instagram suspendeu conta do influenciador Diego Aguiar.
  • Homem ostenta vida luxuosa e é conhecido por ter promovido pirâmides.
  • Justiça deu cinco dias para Facebook reativar conta do influenciador.
  • promo

A Justiça de São Paulo deu procedência nesta quarta-feira (11) a uma ação contra o Facebook que solicitava a reativação do perfil no Instagram do influenciador Diego Aguiar, conhecido por ter promovido diversos esquemas de pirâmide no passado.

O suposto especialista em investimentos ostenta dinheiro, viagens paradisíacas, carros de luxo e mulheres em seu perfil no Instagram, rede social que ele diz usar profissionalmente e conta com mais de 1 milhão de seguidores.

Aguiar alega usar a Internet para “compartilhar o seu estilo de vida luxuoso, bem como para divulgar o seu e-book Bitcoin – A Mágica da Multiplicação e o seu curso Fórmula Lucrando em casa”, produtos que teria deixado de comercializar após o Facebook suspender sua conta supostamente “sem aviso prévio”.

O influenciador diz que o bloqueio da conta teria ocorrido após a divulgação de um sorteio, mas o Facebook garante que o perfil “incorreu em grave violação contratual ao aparentemente veicular conteúdo de solicitação sexual”. A empresa, no entanto, não especificou a postagem em questão.

O pedido do influenciador foi inicialmente negado em sede de tutela antecipada, em que o autor solicita providência da Justiça antes de ouvir a outra parte. Após ter também um recurso negado, a ação chegou ao veredito final em primeira instância nesta quarta-feira (11).

Influenciador Diego Aguiar ostenta luxo supostamente financiado por lucros em trades, mas histórico é de promoção de pirâmides. Reprodução: Instagram.

O juiz Gustavo Henrique Bretas Marzagão, da 35ª Vara Cível de São Paulo, deu procedência à ação dizendo que “uma empresa multinacional com valor de mercado superior a USD 1 trilhão” de um dos lados configura “desequilíbrio entre as partes contratantes e a vulnerabilidade do autor”.

O Facebook tem cinco dias para reativar o perfil de Aguiar, que criou pelo menos outras duas contas após a suspensão da principal – juntas, as contas provisórias somam quase 800 mil seguidores.

Histórico de envolvimento em golpes

Diego Aguiar vive uma vida de luxo supostamente sustentada por seus lucros com trades no mercado financeiro e em criptomoedas. No entanto, ele também é conhecido por promover projetos que mais tarde se confirmaram pirâmides financeiras, como FxTrading e YouXWallet.

Recentemente, Aguiar também foi apontado como um dos divulgadores da criptomoeda Louvre Finance, que se popularizou rapidamente entre brasileiros por meio de grupos do Telegram. O ativo, no entanto, logo derreteu de preço em padrão conhecido como pump & dump, tipo de esquema que opera às margens da lei.

Além disso, o influenciador mantém um canal no Telegram com quase 160 mil pessoas onde compartilha sinais da plataforma IQ Option, proibida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de oferecer serviços para brasileiros.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

d5d468215717a9856e67059bb80b21e2?s=120&d=mm&r=g
Paulo Alves
Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Colaborei entre 2013 e 2021 com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados