Ver mais

EUA processa Apple por monopolizar a App Store: Vitória para apps cripto?

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O DOJ processa a Apple por monopolizar o mercado de aplicativos.
  • Apple enfrenta escrutínio legal sobre taxas de transação de aplicativos de 30%.
  • Caso destaca o impacto da Apple sobre criptomoedas e NFTs.
  • promo

O Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) abriu um novo processo contra a Apple Inc. Essa ação legal acusa a gigante de Steve Jobs de monopolizar o mercado de aplicativos, dificultar a concorrência e sufocar a inovação.

A ação judicial do DOJ contra a Apple pode ser um ponto de virada. Ela tem o potencial de promover um mercado digital mais competitivo e inovador, especialmente para aplicativos de criptomoedas.

EUA lutam contra o imposto de 30% da Apple

Arquivado em 21 de março em um tribunal federal de Nova Jersey, o processo é apoiado por 16 procuradores-gerais estaduais. Ele alega que a Apple abusa de seu domínio do mercado de smartphones com objetivo de obrigar os desenvolvedores a usarem seu sistema de pagamento.

Em seguida, o preço das ações da empresa caiu 3,8% na quinta-feira (22). Essa queda significa a preocupação dos investidores com possíveis desafios regulatórios e com o controle de mercado da Apple.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

O DOJ argumenta que as políticas da App Store promulgam regras restritivas. Essas regras permitem que a Apple exija taxas de transação de 30%, bloqueie a inovação e degrade a experiência do usuário.

“Ela implantou esse manual em super aplicativos, mensagens de texto, smartwatches e carteiras digitais, entre muitos outros”, disse o DOJ.

Apple Inc. (AAPL) Price Performance.
Desempenho de preço da Apple Inc. (AAPL). Fonte: TradingView

Repercussões na indústria de criptoativos

Além disso, o caso destaca sérias repercussões para os setores de criptomoedas e web3. As políticas empresa de smartphones, computadores e tablets restringem a funcionalidade de aplicativos baseados em criptomoedas em dispositivos iOS.

Por exemplo, o OpenSea, um mercado líder de NFTs, limitou a funcionalidade de seu aplicativo de iOS devido às taxas da Apple. Da mesma forma, o aplicativo social Damus removeu um recurso de gorjeta de Bitcoin depois que a Apple o excluiu da App Store.

Além disso, a decisão de desativar os Progressive Web Apps (PWAs) em seus dispositivos levantou preocupações sobre seu impacto no ecossistema de criptomoedas e web3. Essa mudança força os desenvolvedores a se voltarem para o desenvolvimento de aplicativos nativos que consomem mais recursos, sujeitos ao rigoroso processo de revisão da Apple, o que pode atrasar a entrada no mercado e aumentar os custos.

Outro ponto levantado por legisladores norte-americanos Gus Bilirakis e Jan Schakowsky é a preocupação com relação à App Store da Apple em julho de 2023. Eles temem que as diretrizes da App Store possam prejudicar a posição dos EUA em inovações de blockchain e criptomoedas.

Em carta ao CEO da Apple, eles destacaram os desafios enfrentados pelos desenvolvedores de jogos e da Web3. Essas entidades geralmente monetizam por meio de criptomoedas e NFTs. Assim, as políticas da Apple poderiam prejudicá-las injustamente.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados