Ver mais

Jack Dorsey quer fundo cripto para proteger desenvolvedores de processos

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Jack Dorsey, criador e ex-CEO do Twitter, anunciou a criação de um fundo para proteger desenvolvedores do Bitcoin (BTC) contra possíveis ações legais.
  • O Bitcoin Legal Defense Fund, como foi batizado, já está auxiliando desenvolvedores na caso movido pela Tulip Trading.
  • Jack Dorsey possui um longo histórico de defesa ao mundo cripto e críticas ao sistema tradicional.
  • promo

Jack Dorsey, criador e ex-CEO do Twitter, anunciou a criação de um fundo para proteger desenvolvedores do Bitcoin (BTC) contra possíveis ações legais.

Além de Jack Dorsey, o Bitcoin Legal Defense Fund, como foi batizado o fundo cripto, contaria com o apoio de Alex Morcos, fundador dos laboratórios Chain-co, e Martin White, professor de ciência da computação na Universidade de Sussex.

O antigo CEO do Twitter deu detalhes sobre a iniciativa para uma lista de desenvolvedores da rede Bitcoin nesta quarta-feira (12). Conforme descrito, o fundo atuaria como uma forma de auxílio para os usuários que, sozinhos, não possuem recursos para se defender de perseguições regulatórias.

“Litígios e ameaças contínuas estão surtindo o efeito pretendido; os réus individuais optaram por capitular na ausência de apoio legal. Desenvolvedores de código aberto, que geralmente são independentes, são especialmente suscetíveis à pressão legal. Em resposta, propomos uma resposta coordenada e formalizada para ajudar a defender os desenvolvedores.”  

Detalhes do fundo

Ainda segundo o comunicado, o Bitcoin Legal Defense Fund seria uma entidade sem fins lucrativos que “visa minimizar as dores de cabeça legais que desencorajam os desenvolvedores de software de desenvolver ativamente o Bitcoin e projetos relacionados, como a Lightning Network, protocolos de privacidade do Bitcoin e similares. ”

Jack Dorsey ressalta que qualquer desenvolvedor que se sentir ameaçado legalmente, ou estiver enfrentando um processo, poderá recorrer ao auxílio do fundo cripto. No entanto, a iniciativa contará com uma diretoria que será responsável por determinar quais ações e indivíduos serão ajudados.

Segundo o empresário, que agora lidera a empresa de pagamentos Block (ex Square), o fundo já está atuando em defesa de alguns desenvolvedores no processo movido pela Tulip Trading, que alega violação do dever fiduciário.

Por fim, é ressaltado que o Bitcoin Legal Defense Fund não pretende angariar fundos adicionais da comunidade cripto, mas “irá fazê-lo por orientação do conselho, se necessário, para outras medidas legais ou para pagar o pessoal”. Detalhes sobre o montante disponível no fundo e seu número de colaboradores não foram revelados.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Desconfianças de Jack Dorsey 

A nova iniciativa não pode ser vista como surpreendente ao se considerar o histórico de Jack Dorsey. O empresário é há anos um fiel defensor do Bitcoin e do mercado cripto, chegando a palpitar em projetos de lei que buscam regular o setor nos Estados Unidos.

Não por acaso, o Twitter anunciou diversas iniciativas em relação a este mercado enquanto Dorsey estava no cargo de CEO, como mecanismos de pagamento em BTC, NFTs e até mesmo uma exchange descentralizada. Além disso, o empresário se mostrou diversas vezes desconfiado em relação ao sistema tradicional.

Em mais de uma ocasião, ele afirmou que o dólar americano logo irá passar por uma grande hiperinflação, e que isso “irá mudar tudo”. Ele também teceu críticas a Web3, afirmando que ela seria centralizada por grandes companhias.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados