Ver mais

ChatGPT: Itália restringe uso após Elon Musk pedir pausa na IA

3 mins
Por Ali Martinez
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Autoridade italiana restringe uso do ChatGPT por questões de privacidade de dados.
  • A falta de verificação de idade levanta preocupações quanto à proteção de menores.
  • Elon Musk e os especialistas em IA pedem uma pausa nos experimentos em larga escala da tecnologia.
  • promo

A Autoridade Italiana de Proteção de Dados impôs uma restrição imediata ao processamento de dados de usuário pela OpenAI, empresa criadora do ChatGPT. A autoridade administrativa independente iniciou simultaneamente uma investigação contra os desenvolvedores do chatbot.

ChatGPT é um conhecido software de inteligência artificial relacional que simula e processa conversas humanas. Ele sofreu uma violação de dados em 20 de março, expondo conversas de usuários e informações de pagamento para assinantes de seu serviço premium.

ChatGPT levanta preocupações sobre privacidade de dados

Na sua decisão, a Autoridade de Proteção de Dados constata a falta de informação prestada aos utilizadores e a todos os stakeholders cujos dados são recolhidos pela OpenAI. Mais significativamente, destaca a ausência de base legal que justifique a recolha e armazenamento de dados pessoais para “treinar” o ChatGPT.

Embora os termos de uso da OpenAI indiquem que o serviço é destinado a usuários com 13 anos ou mais, a autoridade italiana aponta a falta de verificação de idade. Isso expõe os menores a respostas inadequadas para seu estágio de desenvolvimento e autoconsciência.

Vale lembrar que a OpenAI não tem sede na União Europeia. Ainda assim, a empresa deve comunicar as medidas tomadas em resposta às exigências da Autoridade no prazo de 20 dias. O não cumprimento pode resultar em multa de até 20 milhões de Euros ou 4% do seu faturamento global anual.

A recente restrição temporária da Autoridade Italiana de Proteção de Dados ao ChatGPT coincide com as crescentes preocupações sobre os sistemas de IA.

Especialistas pedem suspensão

Uma carta aberta publicada pelo Instituto sem fins lucrativos Future of Life pede uma pausa no desenvolvimento de sistemas de Inteligência Artificial. Ele cita os “profundos riscos para a sociedade e a humanidade”. Os signatários da carta incluem Elon Musk, Yuval Noah Harari, Steve Wozniak, Jaan Tallinn e Andrew Yang. Sem mencionar outras figuras influentes na pesquisa de tecnologia e IA.

Enquanto a restrição do ChatGPT se concentra na proteção de dados e questões de privacidade, a carta aberta enfatiza a “corrida descontrolada” para desenvolver sistemas imprevisíveis de machine learning, mesmo para seus criadores.

Os autores da carta propõem uma pausa de 6 meses no desenvolvimento da IA, instando os laboratórios de IA e especialistas independentes a usar esse tempo para estabelecer protocolos de segurança compartilhados para o projeto e desenvolvimento da tecnologia. Esses protocolos devem ser auditados e supervisionados por especialistas externos independentes, garantindo a segurança além de qualquer dúvida razoável.

Brian Armstrong, CEO da Coinbase, expressou seu desacordo com a ideia de interromper o desenvolvimento da Inteligência Artificial. Ele argumentou que nenhum “especialista” pode julgar a questão, e chegar a um consenso entre muitos atores díspares seria impossível. Armstrong acredita que os comitês e a burocracia não fornecerão uma solução. Em vez disso, o desenvolvimento da tecnologia deve continuar, pois os benefícios superam os riscos potenciais.

Armstrong enfatizou a importância do mercado de ideias, que ele afirma levar a melhores resultados do que o planejamento central. Ele pediu para não deixar o medo atrapalhar o progresso e advertiu contra qualquer um que tente centralizar o controle em uma única autoridade.

Ainda assim, eventos recentes demonstram uma crescente oposição ao desenvolvimento acelerado de sistemas de IA sem consideração pela segurança, ética e proteção de dados. É possível que mais autoridades reguladoras interfiram para impor restrições, enfatizando a necessidade da implantação responsável desta tecnologia.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados