Ver mais

Investidores de varejo se afastam do mercado cripto

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Os investidores de varejo estão mostrando relutância em se envolver com o mercado cripto, impactando sua trajetória.
  • Os detentores de curto prazo representam 35% da capitalização realizada, o que indica estabilidade por parte dos detentores de longo prazo.
  • O mercado carece de frenesi especulativo impulsionado pelo varejo, com baixos volumes de trading apesar dos altos preços do Bitcoin.
  • promo

Atualmente, os investidores de varejo estão demonstrando uma cautela notável em relação ao mercado cripto. Por outro lado, esse comportamento contrasta com os ciclos anteriores, quando seu envolvimento influenciou significativamente as tendências do mercado.

Assim, entender os motivos por trás dessa hesitação é fundamental para prever os movimentos futuros do mercado.

Investidores de varejo ainda não chegaram lá

Os investidores de varejo estão mostrando relutância em se envolver com o mercado cripto, uma tendência que, segundo os especialistas, pode afetar a trajetória do mercado. O cofundador da Nosy, Gustavo Faria, por exemplo, destaca as principais métricas que indicam que a participação do varejo continua baixa.

“Uma característica central dos topos de ciclo do Bitcoin é o predomínio de moedas com um período de retenção de menos de 3 meses”, diz Faria.

Atualmente, os detentores de curto prazo respondem por cerca de 35% da capitalização realizada, em comparação com mais de 70% durante os picos de mercado anteriores. Assim, isso sugere que os detentores de Bitcoin de longo prazo, geralmente chamados de “smart money“, estão mantendo suas posições, proporcionando uma base de mercado mais estável.

Historicamente, a relação de lucro de produção gasto (SOPR) dos detentores de curto prazo ultrapassou 1,10 durante os picos do mercado. Neste ciclo, por exemplo, o SOPR mais alto registrado foi de 1,05, indicando uma postura de mercado mais neutra.

Capitalização Realizada do Bitcoin.
Capitalização realizada do Bitcoin. Fonte: CryptoQuant

“Essa estrutura sugere que ainda não atingimos o pico de euforia deste ciclo”, acrescenta Faria. Ele acredita que o mercado atual é forte, reduzindo a probabilidade de uma transição para um mercado baixista e sinalizando um potencial de crescimento adicional.

Além disso, o educador de Ethereum Anthony Sassano observa a natureza peculiar do atual mercado de alta, chamando-o de “o mais estranho de todos os tempos”. Ele aponta que o ciclo de quatro anos parece ter sido interrompido, com o comportamento do mercado impulsionado por nativos em vez de investidores de varejo.

Detentor de curto prazo de Bitcoin SOPR
Bitcoin Short-Term Holder SOPR. Fonte: CryptoQuant

Sassano destaca a ausência de um amplo crescimento do mercado, normalmente alimentado pela participação do varejo.

“O varejo e o dinheiro novo não estavam e ainda não estão aqui – são apenas cripto nativos fazendo PvP máximo”, observa ele.

Varejo deprimido

Somando-se a essa perspectiva, o analista cripto Cyclop enfatiza a ausência de entusiasmo do varejo. Ele aponta, por exemplo, que os volumes atuais de trading são significativamente menores do que os de 2021, apesar do preço mais alto do Bitcoin.

Assim, Cyclop sugere que essa falta de envolvimento do varejo significa que o mercado ainda não atingiu o frenesi especulativo visto em ciclos anteriores.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

“Os normais ainda não estão em cripto. Meus amigos não estão me enviando mensagens no WhatsApp. Minha mãe não sabe que o Bitcoin está em seu ponto mais alto de todos os tempos”, comenta .

Volume de trading de Bitcoin
Volume de trading de Bitcoin. Fonte: CryptoQuant

Em suma, essas percepções sugerem que os investidores de varejo estão cautelosos, possivelmente devido à volatilidade do mercado cripto. Essa hesitação, combinada com a dinâmica atual do mercado, dominada por participantes experientes em cripto, poderia limitar o potencial de crescimento do mercado.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados