Ver mais

Análise Algorand (ALGO): o que vem a seguir após alta de 71%?

2 mins
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Algorand é negociada a US$ 0,31, depois de subir mais de 70% nos últimos 12 dias.
  • Cerca de 84,5% de todos os detentores compraram seus ativos num preço perto da atual máxima histórica.
  • Apesar da grande alta, apenas 2,1% dos investidores obtiveram lucros.
  • promo

A Algorand (ALGO) está entre as altcoins que mais aproveitou a alta geral do mercado de criptomoedas, tendo um bom desempenho nos últimos dias.

Entretanto, apesar disso, os detentores ainda estão decepcionados e enfrentando perdas. o que pode mudar os rumos da tendência atual.

A razão por trás das perdas dos investidores da Algorand

Geralmente, quando uma criptomoeda é lançada, a trajetória segue um de dois caminhos. Ou ativo sobe e desce ou o token entra em correção primeiro, mas depois encontra um caminho de volta ao topo.

Por outro lado, a ALGO registrou seu recorde histórico logo após o seu lançamento em junho de 2019 e, desde então, tem se esforçado para voltar ao topo. Negociada muito abaixo da sua máxima de US$ 3,27, a altcoin está atualmente em US$ 0,31. Isso significa que o preço precisaria subir pelo menos 926% para recuperar o ponto mais alto e registrar novos recordes.

A demanda pelo ativo é alta, mas não parece que a ALGO será capaz de alcançar tão cedo. Ou seja, os investidores que compraram seus tokens por cerca de 20% do ATH terão que esperar muito mais tempo antes de poderem registrar lucros. Esses endereços são conhecidos como “all-time higher” e, no momento, representam 85% de todos os investidores da ALGO.

Fonte: IntoTheBlock

Cerca de 16,1 milhões de detentores, de um total de 20 milhões, estão no prejuízo e provavelmente continuarão assim. Na verdade, o preço da Algorand, apesar de estar em seu maior valor nos últimos 16 meses, não afetou essas estatísticas.

No momento, a métrica de equilíbrio mostrou mudanças muito pequenas nas últimas duas semanas. Essa métrica calcula se os endereços que detêm um ativo a compraram antes ou depois do preço atual para determinar os lucros e perdas gerais.

Atualmente, 20,6% de todos os investidores da ALGO estão no verde. Essa porcentagem aumentou apenas 2,1% nos últimos 12 dias, algo minúsculo considerando que o preço subiu mais de 70% no período.

Fonte: IntoTheBlock

Assim, de modo geral, a menos que a Algorand consiga voltar a subir acima de US$ 1, as chances de esses investidores obterem lucros são praticamente nulas.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Previsão de preço

Apesar da recuperação do preço da Algorand, a maioria dos investidores segue no vermelho. No entanto, isso pode ser um bom sinal. A falta de lucros significa falta de vendas, reduzindo a baixa que geralmente surgiria devido à realização de lucros.

Isso permite que a ALGO suba ainda mais e continue sua alta. O preço já está à beira de romper o nível de resistência de US$ 0,32 e isso permitiria que a altcoin ultrapassasse e atingisse a marca de US$ 0,35.

Fonte: Tradingview

Entretanto, a possibilidade de venda não pode ser completamente descartada, o que teria algum impacto sobre a criptomoeda. A ALGO pode potencialmente falhar em realizar um rompimento acima da resistência mencionada acima e cair de volta para US$ 0,30. A perda desse suporte invalidaria o cenário de alta, enviando a altcoin para US$ 0,28.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados