Ver mais

Ibovespa surpreende e sobe apesar de tensão EUA x China; BC observa dólar

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Bolsa brasileira vai na contramão do exterior
  • Ibovespa chega a subir 0,87% no começo do dia e passa de 82 mil pontos
  • Dólar cai seguido de fala do BC sobre venda das reservas e impacta no Bitcoin
  • promo

A bolsa brasileira surpreendeu abrindo em alta nesta quinta-feira (21) com Ibovespa indo a 82 mil pontos. A subida, no entanto, vai na contramão do movimento no exterior. Nos EUA, bolsas operam em queda por conta de novas tensões com a China.
A S&P opera em baixa com operadores realizando lucros em meio a novas incertezas. Ontem, os EUA aprovaram nova lei que obriga empresas chinesas a seguirem parâmetros americanos de contabilidade e auditoria. Além disso, as companhias poderão ser obrigadas a informar sobre eventual ligação com o governo chinês. Por isso, analistas enxergam a possibilidade de remoção de papeis chineses da bolsa de NY. Para completar, Donald Trump subiu o tom nas críticas à China por conta da crise do coronavírus. No Twitter, o presidente dos EUA disse que “foi a incompetência da China, e nada mais, que causou esse massacre em todo o mundo”. Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Ibovespa é termômetro para dólar

Esperava-se que a Ibovespa seguisse no mesmo caminho de perdas. Em geral, quedas no exterior apontam aversão ao risco que se alastram por emergentes, forçando subida do dólar. O presidente do Banco Central, chegou, inclusive, a afirmar que há “um espaço amplo de venda de reservas ainda”. Às 10h40 de Brasília, no entanto, o Ibovespa subia 0,87% aos 82.029 pontos. As ações de Azul e Gol são as duas que mais puxam a alta da bolsa brasileira. A subida tem a ver com a recente fala de Paulo Guedes apontando resgate de aéreas pelo governo. Também ganham Cyrela, CVC e Banco do Brasil. Dessa forma, há maior entrada de reais e, com isso, a moeda brasileira valoriza frente ao dólar. A moeda americana já caía 1,34%, indo a R$ 5,61.

Bitcoin segue ritmo do exterior

Após dia de câmbios antecipados por conta do feriado em São Paulo, o Ibovespa arrefece o dólar e impacta no Bitcoin no Brasil. Ao contrário do movimento de subida artificial visto nas semanas mais críticas para o real, a criptomoeda hoje segue a curva vista lá fora. Observações na plataforma TradingView apontam que a curva de preço do Bitcoin em dólares já se aproxima mais da curva em reais. O BTC opera em queda de cerca de 2% no momento, no patamar de US$ 9,3 mil. Além disso, em exchanges brasileiras, o preço médio já cai para menos de R$ 53 mil, segundo dados do Cointrader Monitor.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

d5d468215717a9856e67059bb80b21e2?s=120&d=mm&r=g
Paulo Alves
Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Colaborei entre 2013 e 2021 com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados