Ver mais

IA em alta. A Graph e a Injective se recuperam enquanto a BorroeFinance ultrapassa US$ 1,7 milhão

5 mins
Atualizado por Chris Goldenbaum

A inteligência artificial está ganhando destaque no setor financeiro, com vários aplicativos sendo projetados para transformar o setor. Um projeto notável da Defi é a BorroeFinance, que revelou um modelo de conversão de receita baseado em IA para empresas e criadores de conteúdo.

Revolução financeira com base em IA da BorroeFinance

Essa plataforma da BorroeFinance ($ROE) atua como casamenteira entre investidores e empresas/criadores de conteúdo experientes, empregando a magia da IA para avaliar riscos e alinhar interesses. O verdadeiro divisor de águas? As empresas da Web3 podem transformar futuras receitas recorrentes (pense em assinaturas) em dinheiro instantâneo, prometendo uma revolução lucrativa no setor da Web3.

A BorroeFinance ($ROE) é pioneira na revolução da Web3 com seu mercado de desconto de faturas em blockchain alimentado por IA, remodelando o cenário de empréstimos.

No reino da Web3, onde os criadores chegam em massa, mas o dinheiro rápido é difícil de obter, a BorroeFinance surge como o herói que resolve o problema do financiamento. O financiamento tradicional fica para trás, deixando as empresas presas a opções lentas e que consomem muito dinheiro. Mas temos a Borroe, que se apresenta como um super-herói da Web3, usando a magia da blockchain e a IA para criar uma plataforma de financiamento tão segura quanto um dragão guardando seu tesouro.

As pequenas empresas no turbilhão da Web3 enfrentam desafios de fluxo de caixa, mas a BorroeFinance oferece uma alternativa em que elas obtêm dinheiro imediato de sua futura mina de ouro de receitas recorrentes – assinaturas, royalties e taxas de gerenciamento. Por quê? Porque a BorroeFinance acredita que as pequenas empresas merecem um padrinho fada da Web3.

Na plataforma BorroeFinance, os criadores vendem NFTs com desconto que representam futuros fluxos de receita na plataforma. Os investidores podem obter esses NFTs usando o token nativo da BorroeFinance: $ROE. 

O token $ROE, a força motriz por trás da BorroeFinance, está atualmente em sua segunda fase de pré-venda, com preço de US$ 0,015 por token. Com mais de 96% dos tokens disponíveis já reivindicados, a resposta do mercado indica uma forte crença no potencial da plataforma e na revolução mais ampla da Web3.

Em uma demonstração ousada de compromisso com a confiabilidade, a BorroeFinance orgulhosamente conquistou seu certificado de conformidade da BlockAudit após um exame intensivo de seus contratos inteligentes. Isso não apenas consolida a credibilidade da plataforma, mas também eleva sua posição como um farol de confiabilidade no âmbito das finanças descentralizadas.

Indo além, a BorroeFinance adota a transparência ao compartilhar prontamente o endereço de seu contrato inteligente com o público. Essa medida proativa permite que os usuários verifiquem pessoalmente a integridade do contrato, promovendo um espaço seguro e responsável para todas as transações. Porque na BorroeFinance, a confiança não é apenas conquistada; ela é certificada e está prontamente disponível para análise.

À medida que a Borroe Finance ultrapassa a marca de US$ 1,7 milhão, impulsionada pelas manifestações de líderes do setor como The Graph e Injective, o cenário financeiro descentralizado testemunha um período de transformação. Os esforços colaborativos e as abordagens inovadoras apresentadas por essas plataformas sinalizam um futuro promissor para as finanças da Web3, em que as soluções descentralizadas redefinem a forma como abordamos o empréstimo, o investimento e a construção na era digital.

A influência transformadora da The Graph (GRT) e da Injective (INJ) no DeFi

 Graph, um protocolo descentralizado para consulta de dados de blockchain, desempenhou um papel fundamental nessa corrida financeira. Sua infraestrutura robusta, que permite a indexação e a recuperação eficientes de dados, tornou-se a pedra angular de vários projetos da Web3. 

Imagine o The Graph como o Google do blockchain da Ethereum, mas com um toque especial: ele não se limita a indexar e consultar; ele orquestra uma sinfonia de coleta, organização e armazenamento de dados de vários blockchains, tornando-o uma mina de ouro de informações para os usuários.

Para os desenvolvedores, é como ter um passe para os bastidores do mundo descentralizado. The Graph permite que eles acessem e dissecam rapidamente os dados das redes de blockchain, transformando o labirinto de aplicativos descentralizados (DApps) em um playground para a inovação. O GRT, a moeda própria da The Graph, torna-se o bilhete dourado, a moeda das consultas.

Imagine o protocolo de indexação descentralizado da The Graph como uma performance virtuosa usando APIs de código aberto chamadas subgráficas – elas são como notas musicais que organizam os dados em uma sinfonia global de blockchain com base nas consultas dos usuários. Os desenvolvedores, munidos de GraphQL (a linguagem da The Graph), podem sintonizar essa melodia de informações de forma rápida e eficiente.

Mas aqui está o bis: A rede descentralizada da The Graph, alimentada pela magia da tecnologia de blockchain, garante não apenas velocidade, mas também segurança e transparência em cada transação.

Agora, entre no caso de uso de grande sucesso – finanças descentralizadas (DeFi). A The Graph entra no centro das atenções do DeFi, aprimorando o acesso dos desenvolvedores aos bastidores das complexidades dos dados das redes de blockchain que alimentam os aplicativos DeFi.

E tem mais. O GRT não é apenas para consultas; ele também é a pincelada para a criação de tokens não fungíveis (NFTs), essas maravilhas digitais exclusivas no reino do blockchain. O Graph, ao simplificar a jornada do desenvolvedor nesse país das maravilhas dos dados, torna-se um catalisador para mercados de NFTs e uma tela para aplicativos relacionados a NFTs.

Até o momento, o The Graph (GRT) está sendo trocado por US$ 0,144, com um aumento de 8% nos últimos 14 dias, de acordo com a CoinGecko.

Com a corrida em torno dos tokens de IA, o Injective (INJ), um proeminente protocolo descentralizado de troca de derivativos, também surgiu como um participante notável no espaço Web3.

O protocolo Injective, representado pelo símbolo INJ, é um protocolo descentralizado liberado que opera na blockchain da Ethereum. Sua missão é criar um ambiente totalmente descentralizado para negociação de derivativos peer-to-peer (P2P) em diversos produtos financeiros. 

Lançado em 29 de setembro de 2020, a Injective Protocol se esforça para oferecer uma experiência de negociação totalmente descentralizada, resistente a front-running e livre dos problemas típicos encontrados em outras exchanges descentralizadas (DEXs). O token INJ associado à Injective Protocol serve a vários propósitos, incluindo governança de protocolo, mineração de liquidez, staking e outras utilidades dentro do extenso ecossistema Injective.

No momento em que este artigo foi escrito, a INJ estava sendo negociada a US$ 16,91, com aumento de 6,4% nos últimos 7 dias. De acordo com dados da CoinGecko.

Saiba mais sobre a Borroe ($ROE) aqui:

Visite a Pré-Venda da BorroeFinance | Entre no grupo do Telegram | Siga a BorroeFinance  no Twitter 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

34043778c8ce560665524108fc72b7e1.png
Autor Сonvidado
Opinión de expertos de la industria de las criptomonedas compartida con BeInCrypto.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados