Ver mais

Google Cloud intensifica presença em blockchain com nó da rede principal EigenLayer

2 mins
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • O Google Cloud agora opera um nó de mainnet na EigenLayer, sinalizando um mergulho mais profundo na blockchain e Web3.
  • O envolvimento do Google Cloud começou na rede de testes da EigenLayer e agora se estende às operações da rede principal.
  • Com um TVL de US$ 13,33 bilhões, a EigenLayer é um protocolo DeFi líder, atraindo um interesse significativo de capital de risco.
  • promo

O Google Cloud aumentou seu envolvimento com blockchain ao participar como operador de nó na rede principal EigenLayer.

Isso marca um momento crucial na jornada da gigante da tecnologia na Web3.

EigenLayer permite staking de Ethereum

Esse avanço, anunciado por Sam Padilla, gerente de produtos Web3 no Google Cloud, destaca o compromisso do gigante da tecnologia com o ecossistema de protocolo de re-staking em evolução. Além disso, a big tech também está envolvida na rede de testes EigenLayer desde novembro de 2023.

A inovação da EigenLayer permite o staking de Ethereum (ETH) em diversas plataformas, um recurso que entrou em operação para os stakers em junho. Agora, como operador de nó da mainnet, o Google Cloud passou da participação no “Grupo de Trabalho de Operadores” da EigenLayer para um papel fundamental na operação da rede.

O Google Cloud tem sido proativo desde que iniciou sua divisão de blockchain no início de 2022. Lançou a Blockchain Node Engine, iniciou um programa de startup Web3 e forjou alianças com protocolos importantes como Polygon e LayerZero. Consequentemente, seu empreendimento na EigenLayer representa uma expansão estratégica de sua presença na Web3.

Leia mais: O que é a EigenLayer?

Google Cloud aumenta robustez do protocolo

Em meio a preocupações sobre grandes serviços de nuvem que afetam a descentralização, o EigenLayer mantém um equilíbrio ao permitir a participação diversificada em seu registro de operadores. Portanto, o envolvimento do Google Cloud aumenta a robustez e a inclusão do protocolo.

Além disso, a recente ativação da rede principal introduziu o EigenDA, uma nova solução de disponibilidade de dados. Embora o lançamento da rede principal do EigenLayer tenha incluído algumas limitações, como o fato de não incluir o slashing, ele representa um passo importante em direção à maturidade total do protocolo.

“Estamos permitindo que o mercado da EigenLayer se desenvolva e se estabilize antes de introduzir pagamentos no protocolo e slashing na rede principal ainda este ano”, explicou a EigenLayer.

TVL da EigenLayer ultrapassa US$ 13 bilhões

A iniciativa acelerou o crescimento da EigenLayer, com seu valor total bloqueado (TVL) ultrapassando US$ 13,33 bilhões, classificando-a como o segundo maior protocolo DeFi. A narrativa dos tokens de re-staking líquido (LRTs) também está revolucionando o DeFi, com o EtherFi na vanguarda, ostentando um TVL de mais de US$ 3,82 bilhões.

TVL da EigenLayer
TVL da EigenLayer. Fonte: DefiLlama

Significativamente, o interesse do capital de risco nessas inovações emergentes de blockchain está aumentando. Por exemplo, a Andreessen Horowitz investiu US$ 100 milhões na EigenLayer em fevereiro, destacando o potencial do setor. Além disso, o investimento da Binance Labs na Renzo destaca a vitalidade do domínio de re-staking líquido.

O Renzo Protocol funciona como o centro de re-staking da EigenLayer, integrando contratos inteligentes da Ethereum para agilizar o processo de re-staking. É o segundo maior protocolo de re-staking líquido, com um TVL de quase US$ 3 bilhões.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados