Ver mais

Fusão do Ethereum pode atrapalhar DeFi e stablecoins, diz DappRadar

2 mins
Por Oluwapelumi Adejumo
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Um novo relatório do DappRadar destacou como a fusão pode afetar a operação de stablecoins e protocolos DeFi.
  • A MakerDAO e a Grayscale levantaram preocupações de como a fusão poderia afetar as stablecoins em execução na rede.
  • A Tether e a Circle revelaram suporte para migração Ethereum PoS.
  • promo

A transição do Ethereum para uma rede de prova de participação (PoS) pode afetar os protocolos DeFi e stablecoins em execução na rede, revelou o DappRadar em um novo relatório.

De acordo com o relatório, o mercado de stablecoins é enorme e seu uso em blockchains públicos como o Ethereum cresceu significativamente, tornando-os parte integrante das operações DeFi.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O relatório observou que o Ethereum Merge pode afetar a estabilidade das stablecoins, pois hospeda a maioria dos aplicativos DeFi. A fusão, agendada para 15 de setembro, verá a blockchain Ethereum passar de seu mecanismo de consenso PoW para PoS.

Os principais emissores de stablecoins como Tether (USDT) e Circle (USDC) já revelaram suporte para a fusão. No entanto, alguns membros da comunidade ainda estão preocupados com essa migração planejada.

Preocupações da MakerDAO e Grayscale

MakerDAO, o criador do DAI, que é uma das maiores stablecoins descentralizadas no Ethereum, destacou vários problemas que podem surgir com uma fusão do Ethereum.

O tweet sobre possíveis problemas também explicou como planejava resolvê-los. Alguns problemas identificados incluem financiamento negativo, retrocesso perpétuo de contrato, tempos de inatividade da rede, ataques de repetição, etc.

Além disso, a empresa de investimento em moeda digital Grayscale também expressou preocupações de que a fusão possa afetar os tokens ERC-20. Isso é especialmente possível se houver hard forks, o que provavelmente acontecerá.

De acordo com a Grayscale, a fusão pode causar uma situação em que os tokens bloqueados em contratos inteligentes podem ser bloqueados para sempre, forçando os detentores a começar a liquidar seus tokens antes da fusão.

Fusão do Ethereum não deve afetar as operações da rede

No entanto, os desenvolvedores do Ethereum parecem ter considerado todas essas possibilidades e feito provisões para elas. Existe uma forte crença de que o Merge não afetará a rede como acontecerá na camada base.

Além disso, a maioria dos protocolos DeFi também não se preocupa com esses possíveis problemas. A Uniswap é uma delas, pois disse que seu serviço não seria interrompido pelo Merge.

O futuro das stablecoins permanece controverso

Mesmo que nenhum desses problemas surja, o futuro das stablecoins ainda representa um grande desafio para o setor DeFi.

Com as stablecoins centralizadas dominando os protocolos descentralizados, muitos projetos DeFi vêm considerando as stablecoins algorítmicas, de acordo com o relatório.

Mas ainda existem regulamentações em potencial para stablecoins que podem afetar o DeFi após o Ethereum Merge.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Sound Designer de profissão e apaixonado por comunicação, Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados