Ver mais

Fundador da Terra LUNA Do Kwon vai responder por falsificar documentos em Montenegro

2 mins
Por Ali Martinez
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • As autoridades de Montenegro acusaram o fundador da Terra LUNA, Do Kwon, e Hong Chang-jun.
  • Os réus sul-coreanos são acusados de falsificar documentos oficiais.
  • A extensão da detenção provavelmente complicará os esforços de extradição das autoridades sul-coreanas e americanas.
  • promo

As autoridades de Montenegro acusaram os ex-representantes do Terraform Labs, Do Kwon e Hong Chang-jun, de acordo com uma reportagem local do Pobjeda publicada na quinta-feira (20).

A prisão de Kwon e Chang-jun ocorreu no dia 23 de março, no aeroporto de Podgorica, capital de Montenegro. Eles tentavam embarcar em um voo privado para Dubai.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

De acordo com a reportagem, a Procuradoria do Distrito de Podgorica apresentou documentos ao Tribunal de Podgorica. O objetivo é acusar os réus sul-coreanos Do Kwon e Chang-jun de falsificação de documentos oficiais.

O Ministério Público também pediu a prorrogação do prazo de detenção dos réus.

Fonte: Reuters/Stevo Vasiljevic

Haris Šaboto, do Ministério Público Estadual, arquivou os documentos solicitando a prorrogação. Em seguida, a porta-voz do tribunal, Maja Kosovid, disse que o público seria informado sobre o desenvolvimento do caso após a decisão de detenção do tribunal.

As autoridades do país detiveram Kwon e Chang-jun por trinta dias após sua prisão. Se condenados, portanto, os dois podem pegar penas de três meses a cinco anos.

A dupla é acusada de comprar um apartamento de US$ 2,2 milhões em Belgrado, Sérvia, em setembro de 2022. Na mesma época, Kwon negou ter evitado um Aviso Vermelho da Interpol buscando sua apreensão.

Eles registraram uma nova empresa na Sérvia com o nome de Kwon, depois atravessaram a fronteira para o vizinho Montenegro.

A prisão deles em Podgorica ocorreu quando eles tentavam embarcar em um avião alugado para Dubai.

Detenção deve atrasar extradição de Do Kwon

A extensão da detenção provavelmente complicará os esforços de extradição das autoridades sul-coreanas e americanas.

Os promotores dos EUA acusaram Kwon criminalmente de oito acusações de fraude logo após sua prisão em Montenegro, enquanto as autoridades sul-coreanas afirmam que ele violou a lei do mercado de capitais ao enganar os investidores.

Por fim, eles também estão investigando os pagamentos que Kwon fez ao escritório de advocacia sul-coreano Kim & Chang antes do colapso da stablecoin TerraUSD em maio de 2022.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados