Ver mais

FLOW, OKB e HNT entre as piores criptomoedas da semana

2 mins
Por Valdrin Tahiri
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • GNO caiu abaixo de uma linha de tendência de alta.
  • OKB completou um movimento de alta de cinco ondas.
  • HNT atingiu uma nova mínima anual de preço.
  • promo

Análise do Be[in]Crypto das cinco criptomoedas que mais caíram na semana, mais especificamente, de 19 a 26 de agosto.

As criptomoedas que mais desvalorizaram na semana foram:

  1. Gnosis (GNO): -10,65%
  2. Flow (FLOW): -9,81%
  3. OKB (OKB): -9,65%
  4. Filecoin (FIL): -7,87%
  5. Hellium (HNT): -7,04%
  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

GNO

O GNO estava subindo ao lado de uma linha de tendência de alta desde 14 de julho. Esse movimento levou a um topo de US$ 205,50 em 18 de agosto.

No entanto, o preço foi rejeitado pela área horizontal de US$ 195 e vem caindo desde então. No último sábado (20), o preço caiu abaixo da linha de tendência de alta mencionada acima.

Se o movimento de queda atual continuar, a área de suporte mais próxima seria encontrada em US$ 140, criada por um nível horizontal e a linha de resistência do canal paralelo de alta anterior.

Gráfico do GNO no TradingView

FLOW

O preço do FLOW estava subindo dentro de um canal paralelo de alta desde 18 de junho. Em 4 de agosto, o ativo rompeu esse padrão gráfico e atingiu um topo de US$ 3,25. No entanto, foi rejeitado pela área de resistência horizontal de US$ 3,20 (ícone vermelho) e vem caindo desde então.

Atualmente, o ativo está de volta no meio do canal anterior. É possível que a queda seja parte de uma retração da quarta onda. Para que isso seja verdade, o preço do token precisa continuar acima do meio desse canal.

Por outro lado, espera-se que uma queda abaixo desse canal leve o FLOW atingir preços ainda mais baixos.

Gráfico do FLOW no TradingView

OKB

O OKB vem subindo desde 18 de junho. O salto se assemelha a um movimento de alta de cinco ondas e levou a um topo de US$ 23 em 14 de agosto. O preço do token vem caindo desde então.

É possível que o OKB tenha iniciado uma estrutura corretiva A-B-C. Nesse caso, espera-se que a área de retração de 0,5 – 0,618 de Fibonacci em US$ 14,75 a US$ 16,30 aja como o fundo.

Gráfico do OKB no TradingView

FIL

A FIL vem caindo desde 1º de agosto, quando foi rejeitado pela área de resistência horizontal de US$ 11,20 (ícone vermelho). A consequente queda criou um pavio superior muito longo, o que é considerado um sinal de pressão de venda.

O token voltou agora à área de suporte horizontal de US$ 6,05. Espera-se que uma queda dessa área leve o preço abaixo de suas mínimas vistas em junho.

Gráfico da FIL no TradingView

HNT

O HNT vem caindo desde que atingiu uma alta de US$ 12,50 em 10 de junho. Na segunda-feira (22), o token caiu para uma nova mínima anual de US$ 6,30. Embora tenha tentado subir, seu preço não conseguiu passar pela área de resistência de US$ 6,80 (ícone vermelho) e vem caindo desde então.

Se o movimento de queda atual continuar, os dois níveis de suporte mais próximos seriam encontrados em US$ 4,92 e US$ 2,88. Esses níveis são criados pelas retrações externas de de 1,27 e 1,61 de Fibonacci do salto mais recente.

Gráfico do HNT no TradingView
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados