Ver mais

Falência da Celsius requer examinadoras independentes, diz EUA

2 mins
Por Rahul N.
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • O administrador dos EUA apresentou uma moção pedindo um examinador independente no caso de falência da Celsius.
  • O documento dizia que havia dúvidas em torno da operação e das finanças da Celsius.
  • Também observou que a Celsius tomou um empréstimo de terceiros de uma fonte não identificada.
  • promo

O Trustee Office dos Estados Unidos pediu uma investigação independente de Celsius no caso de falência. Um processo judicial afirma que havia várias questões relacionadas à transparência das finanças e operações da Celsius.

O Trustee Office dos Estados Unidos apresentou uma moção pedindo um examinador independente no caso de falência da Celsius Network . O processo judicial de 18 de agosto afirma que uma revisão independente ajudaria a esclarecer questões de transparência relacionadas às finanças e operações da Celsius. O juiz que preside o caso terá que aprovar esta investigação independente.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O documento afirma que a falta de visibilidade em relação às operações da Celsius “não começou com o pedido de falência” e que “está em andamento e é evidenciado pelas mudanças repentinas nos tipos de contas dos clientes e extensa confusão sobre o status de ativos individuais.”

Ele lê,

“Não há um entendimento real entre clientes, partes interessadas e o público quanto ao tipo ou valor real da criptomoeda detida pelos Devedores ou onde ela é mantida. Um examinador independente é necessário aqui para investigar e relatar de maneira clara e compreensível o modelo de negócios dos Devedores, suas operações, seus investimentos, suas transações de empréstimo e a natureza das contas dos clientes…”

Ele também disse que Celsius fez uso de um empréstimo de terceiros de uma fonte não identificada. A série de perguntas sobre a operação seria mais bem tratada por um examinador independente, e isso seria do interesse dos clientes da Celsius, acionistas e da própria empresa.

Um relatório disse que o CEO da Celsius, Alex Mashinsky, começou a supervisionar as negociações diretamente dias antes de uma reunião com o Federal Reserve dos Estados Unidos. Pessoas familiarizadas com a situação disseram que ele dirigiu negócios individuais e anulou alguns executivos.

A investigação seria o próximo grande desenvolvimento no que já é um grande episódio na história do mercado de criptomoedas. Vários outros desenvolvimentos também ocorreram nos últimos dias, com o juiz permitindo que a empresa minere e venda bitcoin à medida que o processo de falência avança.

A Celsius também está considerando novas ofertas de financiamento por meio de reestruturação ou venda de seus negócios. A empresa teria recebido várias ofertas em dinheiro. Um relatório afirmou que a Ripple Labs estava considerando adquirir a Celsius.

Enquanto isso, os clientes da Celsius aguardam algum progresso no caso e esperam notícias sobre a possibilidade de recuperar seus fundos. Alguns se preocupam que pode levar anos até que vejam seus fundos devolvidos.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados