Ver mais

Exchange fecha as portas depois de sofrer ataque hacker de R$ 24 milhões

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • A exchange russa Livecoin anunciou que vai interromper permanentemente todos os serviços.
  • A empresa afirma que não conseguiu se recuperar de um ataque hacker que sofreu em dezembro.
  • Parte da comunidade não acredita na Livecoin e suspeita que o ataque tenha sido inventado.
  • promo

Depois de sofrer um ataque hacker no final do ano passado, a exchange russa Livecoin anunciou que vai oficialmente fechar as portas.

O anúncio feito neste final de semana mostra que a exchange não conseguiu se recuperar dos estragos causados por uma invasão hacker à sua plataforma. De tal forma, a exchange vai interromper permanentemente todos os serviços oferecidos.

Na véspera de natal, a exchange supostamente foi invadida por hackers que alteraram os valores das criptomoedas

Em 24 de dezembro, o bitcoin estava em alta valorização valendo em torno de US$ 23.000. Na exchange russa, no entanto, o preço era muito maior e exibia uma cotação de US$ 220.000.

O Ethereum também passou por um aumento exagerado de preço. Conforme a cotação da exchange no dia, o ETH valia US$ 6.500, uma valorização falsa de 960% portanto.

exchange livecoin hacker
Página inicial da exchange hackeada.

Depois disso, a exchange interrompeu todos os saques da plataforma. No comunicado, a empresa afirma que o ataque estava em andamento há meses e que comprometeu toda a sua infraestrutura.

De acordo com Forklog, os invasores conseguiram roubar 106 BTC, 361 ETH e 236 BCH. Conforme a cotação da época, a quantia somada fica em torno de R$ 14 milhões. Apesar disso, a exchange não divulgou qualquer número oficial sobre o real dano do ataque aos fundos dos clientes.

O perfil do twitter @ALMBot que rastreia os endereços de cibercriminosos, descobriu que o BTC do Livecoin foi para a mesma carteira que o BTC roubado no hack da exchange britânica EXMO, que aconteceu uma semana antes.

Clientes têm dois meses para pedir dinheiro de volta

A exchange Livecoin afirmou que devolverá o dinheiro que os usuários perderam durante o ataque. Os pedidos de ressarcimento, no entanto, devem ser feitos até o dia 17 de março de 2021. Depois disso, a empresa não aceitará mais qualquer solicitação. Conforme trecho do anúncio, a exchange pede calma:

“Pedimos desculpas pela situação existente e pedimos que vocês mantenham a calma, incluindo sua conversa com os oficiais de suporte. Nosso serviço e equipe sofrem grandes perdas, assim como nossos clientes. Em caso de abuso e ameaças na conversa, a reclamação pode ser recusada.”

O pedido vem em meio a um desconforto generalizado entre os antigos clientes da exchange, uma vez que nem todos acreditam na história da Livecoin.

exchange livecoin hacker

Ataque hacker de mentirinha?

Alguns membros da comunidade acham que o suposto ataque hacker foi um exit scam coordenado. Um usuário anônimo disse à Forklog que os usuários estavam com problemas de sacar seus fundos da exchange, antes mesmo do suposto hack acontecer. 

Além disso, a exchange já se envolveu em outras polêmicas no meio cripto. Apenas quatro dias antes do suposto ataque hacker, a plataforma Veros Fundraising pediu que os detentores de seu token VRS parassem de negociar na exchange Livecoin. 

De acordo com eles, a exchange usava bots para manipular o preço de seu token. Dessa forma, os bots aumentaram o preço para gerar lucro à exchange, causando um prejuízo de US$ 800 milhões à Veros.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

photo_saori.jpg
Saori Honorato
Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados