Ver mais

Exchange que recusou DOGE lista SHIB

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A Shiba Inu (SHIB) passou a ser listada na Bitstamp nesta quinta-feira (9).
  • Conhecida por ser cautelosa em relação a listagem de novas altcoins, a Bitstamp recusou listar a DOGE no início do ano, mesmo com a grande euforia em relação a criptomoeda.
  • Envolvimento de Elon Musk em relação a alta da DOGE foi usado como motivo para a não listagem da moeda meme.
  • promo

A Shiba Inu (SHIB) foi listada na Bitstamp nesta quinta-feira (9). Anteriormente, a exchange havia recusado listar a Dogecoin (DOGE), mesmo com a grande euforia em relação ao ativo.

Conforme anúncio oficial, a SHIB é a mais nova criptomoeda disponível na plataforma de negociações da Bitstamp. Na quarta-feira (8), a exchange passou a permitir depósitos e saques da meme coin, oferecendo negociações em relação ao dólar e ao euro no dia seguinte.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Além da SHIB, os tokens Perpetual Protocol (PERP), dYdX (DYDX) e Gala (GALA) também foram listados na exchange nesta quinta-feira.

Sinal verde para a SHIB

A nova listagem da SHIB já é um grande feito por si só, visto que a exchange é considerada uma das mais populares e tradicionais exchanges do mercado. Fundada em 2011, a empresa busca estar de acordo com as diretrizes regulatórias do seu país sede, Luxemburgo.

Devido a isso, a Bitstamp é extremamente cautelosa quando se trata da listagem de uma nova altcoin. Ela prontamente suspendeu negociações do token XRP após o ínicio do processo envolvendo a Ripple e a SEC. Além disso, ela se recusou a listar a Dogecoin (DOGE), mesmo com a grande euforia do mercado em relação ao ativo na época.

O presidente-executivo da exchange, Julian Sawyer, alegou que a não listagem da DOGE seria pelo fato da forte valorização e popularidade da moeda ser causada por tuites e comentários de Elon Musk. Para ele, isso poderia ser prejudicial tanto para o mercado quanto para a Bitstamp.

Dessa forma, a recente listagem da Shiba Inu pode ser vista como algo positivo para a criptomoeda. Além de estar disponível em uma plataforma que possui um volume diário de negociações de cerca de US$ 1 bilhão, isso indicaria que a meme coin não está no radar de órgãos reguladores ao redor do mundo.

Outro bom indicativo dessa tese é o fato da SHIB ser a primeira criptomoeda meme a ser listada em uma exchange da Coreia do Sul, país que tem intensificado cada vez mais o cerco a ativos cripto.

Moeda meme continua em queda

A SHIB teve uma valorização surpreendente em outubro, chegando a disparar mais de 1.000%. Apesar de ser listada em grandes exchanges, como Gemini e Kraken, e apresentar novidades interessantes em relação ao seu projeto, o token entrou em forte tendência de baixa em novembro, chegando a perder 50% de seu valor.

As quedas de preço continuaram nesta primeira semana de dezembro, com o token desvalorizando 20% nos últimos sete dias, segundo o CoinGecko.

A tendência de baixa atual não é algo particular da SHIB. Diversas criptomoedas, inclusive o Bitcoin, estão em queda nos últimos dias.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados