Ver mais

ETFs de criptomoedas: Regulador da Coreia do Sul pede conselhos a SEC

2 mins
Por Harsh Notariya
Traduzido Aline Fernandes

O chefe do Serviço de Supervisão Financeira (FSS) da Coreia do Sul, Lee Bok-hyun está prestes a embarcar numa visita crucial aos Estados Unidos. 

Bok-hyun quer discutir com Gary Gensler, presidente da Securities and Exchange Commission (SEC), assuntos relacionados a indústria de criptoativos e as complexidades dos fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin à vista.

As discussões de Bok-hyun com Gensler provavelmente serão fundamentais para o futuro dos ETFs de Bitcoin à vista na Coreia do Sul.

Coreia do Sul de olho na regulamentação de criptoativos

A reunião deste ano, divulgada em uma coletiva de imprensa na sede do FSS em Seul, busca unificar pontos de vista sobre a regulamentação das criptomoedas .

“Há áreas para alinhar nossas perspectivas com Gary Gensler, presidente da SEC, em questões de ativos virtuais, incluindo ETFs de Bitcoin à vista, este ano. O impacto das políticas da SEC no cenário global é agora significativo”, disse Bok-hyun em entrevista coletiva.”

Atualmente, gigantes financeiros da Coreia do Sul, como Samsung Securities e Mirae Asset Securities, enfrentam barreiras para permitir a negociação de ETFs de Bitcoin à vista no exterior. A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul destacou as questões jurídicas que estas empresas enfrentam com tais instrumentos. 

O FSC também deve anunciar medidas para aumentar a transparência no setor de critpoativos como parte de um esforço mais amplo para proteger o ecossistema financeiro.

Em particular, as exchanges de criptomoedas na Coreia do Sul devem agora relatar mudanças na liderança executiva. As medidas visam aumentar a integridade da indústria com uma consulta pública que convida a contribuições sobre estes quadros regulamentares.

Além disso, a repressão da Unidade de Inteligência Financeira (FIU) aos misturadores de criptomoedas destaca a posição rigorosa da Coreia do Sul em relação às transações de ativos virtuais. Os misturadores, muitas vezes ligados a atividades ilegais, enfatizam o desafio global, que exige um esforço coletivo internacional.

ETFs de criptomoedas: Regulado da Coreia do Sul pede conselhos a SEC

Taxa de penetração de usuários cripto na Coreia do Sul. Fonte: Statista

À medida que a Coreia do Sul emerge como um centro para a adoção de criptomoedas, as implicações destes diálogos e medidas regulamentares são profundas. Especialmente quando se considera a sua notável taxa de penetração, que deverá aumentar nos próximos anos.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados