Bitcoin btc
$ usd

Estatísticas mostram otimismo entre investidores de Bitcoin

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Nível de HODL do Bitcoin está alto
  • Investidores não estão dispostos a trocar os seus BTC
  • Além disso, a relação risco/recompensa está alta para a criptomoedaOs investidores de Bitcoin estão otimistas em relação ao desempenho futuro da moeda, mostram algumas estatísticas. Nível de HODL, que é a manutenção de BTC por longos períodos de tempo, está alto. Além disso, o risco do investimento é apontado como baixo.
  • promo

Os investidores de Bitcoin estão otimistas em relação ao desempenho futuro da moeda, mostram algumas estatísticas. Nível de HODL, que é a manutenção de BTC por longos períodos de tempo, está alto. Além disso, relação risco/recompensa do investimento está benéfica aos investidores.
Algumas estatísticas comprovam, de maneira científica, o que já é possível observar na prática, entre os investidores de criptomoedas: o otimismo em torno do Bitcoin está alto. Isso acontece porque, através das métricas de mercado, é possível analisar o comportamento dos investidores de BTC, como um todo. Assim, o que se percebe, de maneira ampla, é que os investidores estão segurando as suas moedas. Além disso, a relação risco/recompensa do investimento em BTC está benéfica aos investidores. Logo, vale entender o que está causando tanta confiança entre os entusiastas. Lembre-se: no canal da BeInCrypto, você acessa os melhores sinais de trade de forma gratuita! Entre e aproveite!

Há otimismo entre investidores de Bitcoin

HODL do Bitcoin 61% dos BTC não são movidos há 365 dias ou mais. Na imagem, retirada da glassnode, é possível observar o movimento do HODL de BTC. Em outras palavras, se nota o quanto os investidores preferem segurar a moeda, ao invés de negociá-la rapidamente. Assim, cerca de 61% da oferta de Bitcoin existente não foi movida, em mais de um ano. O número impressiona, pois mostra que 6 a cada 10 BTC não saíram dos seus endereços há um ano, pelo menos. Na sequência, em torno de 44% do total de BTC não foi movido há 2 ou mais anos. Além disso, 30% não foram negociados há 3 ou mais anos. As estatísticas indicam para o cenário no qual haverá valorização da criptomoeda. Não fosse esse o caso, esses investidores estariam fazendo trade, ao invés de manter os seus BTC.

Risco de reserva é baixo

Risco de reserva é baixo O risco de reserva do Bitcoin está extremamente baixo. A métrica é obtida pela divisão do preço do Bitcoin pelo HODL.  Através dessa relação, é possível medir o nível de confiança dos investidores. Quando a confiança está alta e o preço está baixo, o risco de reserva é baixo; isso significa que é interessante investir na moeda. Por outro lado, quando a confiança está baixa e o preço está alto, a relação fica desfavorável ao investidor.

Velocidade do BTC está baixa

Velocidade do BTC A “velocidade” do Bitcoin decresce, com o passar dos anos. A métrica é obtida da divisão do volume de transações, em USD, pela capitalização de mercado da moeda. No caso, a relação mostra que os investidores não estão dispostos a gastar os seus BTC.

BTC está saindo das Exchanges

Bitcoin está saindo das Exchanges O balanço de Bitcoin nas Exchanges está caindo drasticamente em 2020, conforme já apurado pelo BIC. Essa tendência demonstra a falta de interesse dos investidores em negociar as suas criptomoedas. Além disso, há desconfiança em relação à capacidade das Exchanges de armazenar os Bitcoins com segurança. Finalmente, na thread do Rafael Schultze-Kraft, é possível analisar o otimismo entre investidores de Bitcoin, através de outros gráficos (em inglês).

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

6784e552dcc1c6b258b50b0c057f62a1?s=120&d=mm&r=g
Nicolas Nogueira
Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados