Ver mais

DOGE, SHIB e PEPE – O que aconteceu com as memecoins na semana?

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O mercado geral de criptomoedas caiu esta semana, influenciando os valores das moedas meme.
  • A Dogecoin (DOGE) caiu abaixo de sua EMA de 20 dias, sinalizando um aumento da pressão de venda e uma possível queda adicional para US$ 0,091.
  • A Shiba Inu (SHIB) pode cair para US$ 0,000012 se a pressão de venda continuar a ganhar força.
  • promo

A semana foi marcada por uma queda significativa no mercado de criptomoedas. Esse declínio, aliás, também afetou os valores de várias memecoins.

Assim, todos os 10 principais ativos do setor em capitalização de mercado sofreram quedas significativas de dois dígitos nos últimos sete dias.

Dogecoin (DOGE) cai abaixo da principal média móvel

Atualmente, a Dogecoin (DOGE) é negociada a US$ 0,095. O valor da moeda despencou 24% na última semana, chegando a um nível não visto desde fevereiro.

O preço da memecoin caiu abaixo de sua média móvel exponencial (MME) de 20 dias em 7 de junho e, desde então, tem sido negociado abaixo desse nível.

Gráfico da Dogecoin no TradingView

Se a queda atual continuar, a DOGE pode cair para US$ 0,091.

Leia mais: Como comprar Dogecoin (DOGE) com PIX

Shiba Inu (SHIB) luta contra a diminuição da pressão de compra

O preço da Shiba Inu (SHIB) caiu 23% nos últimos sete dias. Até o momento, a moeda meme está negociada a US$ 0,000013. Também afetada pela tendência geral de baixa do mercado, a demanda pelo token entre os participantes do mercado despencou. Isso se baseia nas leituras da Linha de Acumulação/Distribuição (A/D) em declínio.

Esse indicador avalia a pressão de compra e venda (acumulação e distribuição) por trás do movimento de preço de um ativo. Quando ela diminui, sugere que a pressão de venda está aumentando em relação à pressão de compra.

Leia mais: Melhores exchanges para comprar Shiba Inu (SHIB)

Atualmente, o valor da linha A/D da SHIB era de 815,99 bilhões. Somente nesta semana, caiu 86% em relação aos 6 trilhões registrados em 1º de julho. Se o preço de um ativo também cair junto com uma Linha A/D em declínio, como no caso da SHIB, isso reforça o sinal de baixa e sugere que a tendência de baixa pode ter mais impulso.

Se essa tendência continuar, o valor da SHIB pode cair para US$ 0,000012.

Gráfico da Shiba Inu no TradingView

Por outro lado, se ocorrer uma invalidação dessa projeção por um pico na atividade de compra, o preço da Shiba Inu pode subir para US$ 0,000016.

Pepe (PEPE) coloca os traders que apostam na alta (long) em apuros

Por fim, a Pepe (PEPE), que caiu 36% durante a semana. Isso levou, em seguida, à liquidação de muitas posições compradas no mercado de derivativos do token. As liquidações ocorrem no mercado de derivativos de um ativo quando a posição de um trader é fechada à força devido à insuficiência de fundos para mantê-la.

A significativa tendência de baixa que continua a acompanhar a altcoin sugere a possibilidade de mais liquidações daqueles que apostam na alta. De acordo com as leituras do indicador Parabolic Stop and Reverse (SAR), seus pontos estão acima do preço da moeda meme no momento da publicação.

Assim, esse indicador mede as tendências de preço de um ativo e identifica possíveis pontos de reversão de preço. Quando seus pontos são colocados acima do preço de um ativo, diz-se que o mercado está em declínio.

Gráfico da PEPE no TradingView

No entanto, se a demanda pela PEPE aumentar, seu preço poderá atingir US$ 0,0000090.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados