Ver mais

Enjin Coin (ENJ) e Zcash (ZEC) entre as piores da semana; análise

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • STORJ rompeu a sua linha de tendência de baixa.
  • WAXP rompeu abaixo de uma linha de tendência de alta.
  • ENJ ainda segue uma linha de tendência de alta.
  • promo

Análise das sete criptomoedas que mais caíram na última semana, entre os dias 26 de novembro a 3 de dezembro.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

As criptomoedas que mais desvalorizaram foram:

  1. Gala (GALA): -19,84%
  2. Hive (HIVE): -19,51%
  3. Storj (STORJ): -19,38%
  4. WAX (WAXP): -16,17%
  5. Immutable X (IMX): -15,29%
  6. Enjin Coin (ENJ): 15,21%
  7. Zcash (ZEC): -13,44%

GALA

GALA está em tendência de baixa desde 26 de novembro, quando atingiu a máxima histórica US$ 0,84. Este foi o culminar de um movimento de alta de 16 dias com uma magnitude de 1045%. Desde então, o ativo caiu 36%.

No entanto, o token está se aproximando do suporte de US$ 0,46, que é o nível de retração de 0,5 de Fibonacci.

Se a área falhar em iniciar um novo salto, haveria um suporte ainda mais forte em US$ 0,36, criado por uma área de suporte horizontal e o nível de retração de 0,618 de Fibonacci.

Gráfico do GALA no TradingView

HIVE

HIVE atingiu uma nova máxima histórica em 26 de novembro. Após uma queda, o token iniciou outro movimento de alta. No entanto, ele não conseguiu atingir suas máximas anteriores e criou um topo inferior na terça-feira (3).  Isso é considerado um sinal de baixa, uma vez que o preço não teve força suficiente para atingir suas máximas anteriores.

No entanto, o HIVE está se aproximando da área 0,5 – 0,618 de Fibonacci entre US$ 1,73 e US$ 2,05, uma área que provavelmente iniciará um novo movimento de alta.

Gráfico do HIVE no TradingView

STORJ

No dia 19 de novembro, o STORJ rompeu uma linha de tendência de baixa. Posteriormente, voltou para validar essa linha como suporte três dias depois (ícone verde).

Depois disso, o token começou outro movimento de alta, que levou a um topo de US$ 3,51 em 27 de novembro. No entanto, o ativo não conseguiu ultrapassar pela área de resistência horizontal de US$ 3,30 e voltou a cair.

Esta é a resistência final antes de uma nova máxima histórica. Portanto, um rompimento acima desse nível pode levar a uma aceleração do movimento de alta.

Gráfico do STORJ no TradingView

WAXP

O WXP está caindo desde 17 de novembro, quando atingiu o preço recorde de US$ 0,99. Até o momento, o ativo caiu 39%.

Na terça-feira, o token caiu abaixou de uma linha de tendência de alta e acelerou ainda mais seu movimento de queda. A área de suporte mais próxima está em US$ 0,485. Esta é a área da maior resistência histórica anterior, que agora deve atuar como suporte.

Gráfico do WXP no TradingView

IMX

IMX está sendo negociado dentro de uma cunha de baixa desde 26 de novembro. A cunha é considerada um padrão de alta, o que significa que um eventual rompimento seria provável.

Na quinta-feira (2), o token saltou na linha de suporte da cunha, que coincidiu com a área de retração de 0,618 de Fibonacci. A confluência de níveis de suporte fortaleceu a validade do salto. Se o IMX romper a cunha, a resistência mais próxima estaria em US$ 8,25.

Gráfico do IMX no TradingView

ENJ

A ENJ está em tendência de baixa desde 25 de novembro, quando atingiu a máxima histórica de US$ 4,84. Até o momento, o ativo caiu 31%.

No entanto, o ativo voltou a subir na sexta-feira (ícone verde), validando uma linha de tendência de alta de longo prazo. Enquanto esta linha estiver em vigor, a estrutura de alta permanece intacta.

Gráfico da ENJ no TradingView

ZEC

No dia 21 de novembro, a ZEC rompeu um canal paralelo de alta. No entanto, o token falhou em se manter acima da área de resistência de US$ 270, que é criada pelo nível de retração de 0,618 de Fibonacci.

A ZEC desviou acima da resistência antes de cair para baixo mais uma vez. No entanto, o token voltou a cair na última quinta-feira, validando o canal como suporte (ícone verde). Portanto, é possível que em breve faça outra tentativa de rompimento.

Gráfico da ZEC no TradingView
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

71b08b54e2d626bfb094ea1debec4e96.jpg
Valdrin Tahiri
Valdrin descobriu as criptomoedas quando estava fazendo seu mestrado em mercados financeiros na Barcelona School of Economics. Pouco depois de se formar, ele começou a escrever para vários sites diferentes relacionados a criptomoedas como freelancer antes de assumir a função de analista sênior da BeInCrypto. (Não tenho uma discórdia e não entrarei em contato com você primeiro por lá. Cuidado com os golpistas)
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados