Ver mais

Elon Musk dissolve conselho do Twitter e Dogecoin dispara  

2 mins
Por Martin Young
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • Musk demitiu o conselho de administração do Twitter.
  • CEO da Binance, CZ, diz que o (ecossistema) cripto precisa de liberdade de expressão
  • Preço do Dogecoin dobrou na semana passada.
  • promo

Na mesma semana em que Elon Musk assumiu o comando do Twitter, o CEO da Tesla demitiu os principais executivos e também dispensou o conselho de administração. Enquanto isso, a Dogecoin (DOGE) dobrou de preço.

Em um registro de valores mobiliários em 31 de outubro, o Twitter afirmou que seus nove membros do conselho de administração não ocupavam mais o cargo.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Sempre foi a intenção de Elon Musk se tornar o único diretor da plataforma de acordo com o documento.

A dissolução do conselho foi divulgada em um arquivamento de valores mobiliários mais amplo, de acordo com o Wall Street Journal, que também detalhou outras formalidades como parte do fechamento do negócio.

Estes incluíam o pagamento de dívidas ao abrigo de um contrato de crédito rotativo. Além disso, houve um aviso de deslistagem de ações informando que elas foram convertidas em um “direito de receber a contra prestação da fusão de US$ 54,20 por ação”.

Uma semana antes, Elon Musk demitiu o CEO Parag Agrawal, o CFO Ned Segal e o chefe de política jurídica, Vijaya Gadde, em seu primeiro movimento no comando.

CEO da Binance faz comentários

Em uma entrevista no Squawk Box da CNBC na segunda-feira (31), o CEO da Binance Changpeng Zhao (CZ) disse que manteve seu apoio a aquisição. A exchange cripto investiu US$ 500 milhões na plataforma de mídia social.

Zhao disse que o Twitter era uma “plataforma de liberdade de expressão” e que usa muito, acrescentando:

“Queremos garantir que a criptomoeda tenha um lugar à mesa quando se trata de liberdade de expressão.”

O executivo afirma querer ajudar a trazer o Twitter para a Web3 e auxiliar com outras questões. Isso inclui cobrança de assinaturas, que pode ser facilitada por pagamentos em criptomoeda, disse CZ.

O CEO da Binance disse que acredita nisso a longo prazo. Portanto, as flutuações de mercado nos valores das empresas ou nos preços das criptomoedas não são uma preocupação, acrescentou.

“Acredito que o Twitter não foi bem monetizado”, disse ele citando problemas táticos, como bots e spammers que inundam a plataforma. O sentimento geral foi que, com Elon no comando, as coisas podem finalmente começar a avançar para o Twitter.

Houve também uma série de implicações políticas sobre a aquisição. O autor americano Matt Walsh disse a seus 1,1 milhão de seguidores que o governo tem usado as mídias sociais para censurar a liberdade de expressão.  

Dogecoin dobra de preço

Uma plataforma de mídia social centrada em criptomoedas se beneficiará de um líder que acredita no setor, como Elon Musk claramente acredita. No entanto, o único beneficiário em termos de moedas no momento é a Dogecoin (DOGE).

A memecoin dobrou de preço na última semana. O token subiu de US$ 0,060 na semana passada para US$ 0,126 hoje, de acordo com a CoinGecko.

Especuladores esperam que Elon Musk integre a DOGE como método de pagamento para o Twitter. No entanto, é possível que a plataforma lance sua própria Tweet Coin ou algo similar.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados