Ver mais

Dogecoin (DOGE) não chega a US$ 0,30 tão cedo, entenda

4 mins
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • As baleias estão vendendo DOGE depois que o preço aumentou de US$ 0,12 para US$ 0,22.
  • O ADX mostra que a atual tendência de alta pode não ser forte o suficiente para levar a novos aumentos.
  • As linhas de EMA mostram uma tendência de alta. Entretanto, a métrica SAR mostra que isso pode mudar em breve.
  • promo

A valorização do preço da Dogecoin (DOGE) de US$ 0,12 para US$ 0,22 fez com que as baleias vendessem suas participações. Isso sinalizou uma possível mudança na dinâmica do mercado.

Embora as linhas de EMA indiquem uma tendência de alta para a DOGE, a métrica ADX sugere que essa tendência não tem força para sustentar novas altas.

Além disso, o indicador SAR sugere uma reversão iminente da tendência. Isso pode fazer com que o preço da DOGE se ajuste em resposta a esses indicadores combinados. Os investidores estão monitorando de perto esses sinais técnicos para navegar no volátil mercado de criptomoedas.

Baleias estão vendendo DOGE

O interesse de investidores substanciais no mercado de DOGE está cada vez menor. Isso se reflete pelo declínio no número de endereços de grande escala (aqueles que detêm pelo menos 10 milhões de DOGE).

O número de detentores que possuem entre 10 milhões e 100 milhões de DOGE caiu de 553 para 548 em apenas um dia. Isso ocorreu após um aumento de 520 para 553 entre os dias 18 e 30 de março.

Leia mais: Como comprar Dogecoin (DOGE) com PIX

Por outro lado, o número de detentores de DOGE com entre 100 milhões e 1 bilhão diminuiu de 137 para 133. Ele atingiu seu pico de 140 em 24 de março.

Detentores de DOGE com pelo menos 10 milhões de moedas.
Detentores de DOGE com pelo menos 10 milhões de moedas. Fonte: Santiment.

Essa redução nas participações de baleias pode indicar a realização de lucros após o recente salto no preço da DOGE. A trajetória atual dos preços sugere que outras forças de mercado estão impulsionando o valor do DOGE. Isso ocorre apesar de as vendas por grandes detentores poder levar a um aumento da oferta no mercado, potencialmente pressionando os preços para baixo.

Além disso, essa divergência implica que o mercado pode não depender apenas das ações dessas baleias e pode estar entrando em uma fase mais complexa de descoberta de preços.

Métricas mostram que a tendência pode mudar em breve

Como veremos no gráfico de preços de 4 horas da DOGE, suas linhas de EMA ainda são de alta. No entanto, outros indicadores, como o ADX e o SAR, mostram que essa tendência pode ser revertida em breve.

Uma mudança ocorreu com o indicador SAR (Stop and Reverse). Após uma semana de posicionamento dos pontos abaixo das velas de preço, sugerindo uma tendência de alta, os pontos do SAR apareceram agora acima das velas. Esse movimento normalmente significa uma possível reversão da tendência para o lado negativo.

O ADX (Average Directional Index), uma ferramenta usada para medir a força de uma tendência, está registrando um valor de 33,9. Esse valor indica uma força moderada da tendência que, embora, não seja fraca, também não é indicativa de uma tendência muito forte.

Gráfico de preços 4H do DOGE, SAR e ADX.
Gráfico de preços 4H do DOGE, SAR e ADX. Fonte: TradingView.

A aparição de pontos SAR acima dos candlesticks de preço pode, muitas vezes, ser um sinal de alerta para os negociadores de que o momentum ascendente anterior está perdendo força e que um movimento descendente de preço pode estar no horizonte. O valor ADX de 33,9 corrobora isso, sugerindo que, embora a tendência atual tenha alguma convicção, ela pode não ter força suficiente para sustentar um novo aumento no preço da DOGE.

Juntos, esses dois indicadores sugerem que a DOGE pode não estar preparado para uma alta iminente de preços. Em vez disso, o mercado pode estar entrando em uma fase de consolidação ou pode estar à beira de uma tendência de baixa, já que os investidores e traders reavaliam suas posições em resposta a esses sinais.

Previsão de preço da DOGE: Pode chegar a US$ 0,30 em breve?

O gráfico de preços da DOGE exibe um sinal de alta com suas linhas de média móvel exponencial (EMA), já que todas as linhas de curto prazo se posicionaram acima das linhas de longo prazo, indicando um impulso de alta. Entretanto, essa tendência otimista observada nas linhas de EMA pode enfrentar desafios, já que outros indicadores significativos, como o ADX (Average Directional Index) e o SAR (Stop and Reverse), sugerem uma possível reversão dessa tendência em breve.

As linhas de EMA são uma média móvel que atribui maior peso e importância aos dados de preço mais recentes, o que as torna particularmente úteis para identificar a direção da tendência e possíveis reversões mais rapidamente do que as médias móveis simples (SMAs).

Gráfico de preços DOGE 4H e linhas da EMA.
Gráfico de preços 4H do DOGE e linhas da MME. Fonte: TradingView.

Se o preço do DOGE de fato entrar em uma fase de consolidação, espera-se que oscile entre US$ 0,17 e US$ 0,20, encontrando estabilidade dentro dessa faixa. Se uma tendência de baixa se materializar, o próximo nível significativo de suporte a ser observado seria de US$ 0,12, indicando uma retração considerável.

Leia mais: Como comprar Dogecoin (DOGE), visão geral e perspectivas sobre a criptomoeda

Por outro lado, se o sentimento do mercado mudar para uma perspectiva mais otimista, uma tentativa de romper o nível de resistência de US$ 0,29 pode estar no horizonte, potencialmente dando início a uma nova fase de impulso ascendente para a DOGE.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados