CVM aprova primeiro ETF 100% Bitcoin e abre caminho para comprar BTC na bolsa

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • CVM aprovou o lançamento na bolsa brasileira do novo ETF de bitcoin da QR Asset Management.
  • Este será o primeiro índice 100% atrelado ao bitcoin da América Latina.
  • No início da semana, os reguladores também aprovaram o ETF de criptomoedas da Hashdex.
  • promo

Os reguladores da CVM deram sinal verde para a entrada de um ETF 100% bitcoin na bolsa brasileira, o primeiro da América Latina.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou um pedido da gestora de investimentos QR Asset Management de lançar na bolsa brasileira um novo fundo de índice (ETF) de bitcoin.

Este será o primeiro índice a representar 100% o bitcoin na B3 e vai facilitar a entrada de novos investidores ao mundo das criptomoedas.

O diretor executivo da holding QR Capital, Fernando Carvalho, declarou ao Valor Investe que a empresa agora vai começar a captação de oferta primária. A estimativa é que essa fase movimente cerca de R$ 500 milhões.

Novo ETF replica 100% o preço do bitcoin

Quando entrar na bolsa brasileira, o ETF será negociado sob o ticker QBTC11 e vai replicar o preço médio do bitcoin com base no índice CME CF Bitcoin Reference Rate.

Esse índice em questão foi desenvolvido pela CF Benchmarks e também é utilizado pela Chicago Mercantile Exchange (CME), a maior bolsa de derivativos do mundo.

Sem revelar as taxas do ETF, o executivo afirmou que “será barato”, uma vez que o fundo não cobrará taxas de performance.

De acordo com Carvalho, a previsão é que o índice já esteja operando na bolsa brasileira ainda neste primeiro semestre. Ele acredita que o ETF terá uma ampla adoção entre os investidores brasileiros, conforme declarou:

“Hoje acredito que é um erro não ter criptoativos no portfólio e mesmo os investidores menos sofisticados vão entender isso. A facilidade de comprar pelo homebroker será uma facilitadora desse processo em um mercado que está crescendo exponencialmente.”

Aliás, além de ter lançado do primeiro ETF de bitcoin da América Latina, a QR Capital também foi pioneira quando criou o primeiro fundo de investimento 100% em bitcoin da região.

bitcoin btc brasil

Brasil vai contar com dois ETFs de criptomoedas 

A novidade da QR Capital vem à tona poucos dias depois do ETF de criptomoedas da Hashdex também receber a aprovação dos reguladores brasileiros.

O índice da Hashdex, no entanto, se diferencia do produto da QR Capital ao englobar outros ativos que não apenas o bitcoin. 

Além do BTC, o ETF acompanhará as criptomoedas Ethereum (ETH), Stellar (XLM), Litecoin (LTC), Bitcoin Cash (BCH) e Chainlink (LINK). Também sem previsão de lançamento, o índice estará sendo negociado sob o ticker HASH11.

Os dois novos índices prometem popularizar as criptomoedas entre os investidores e colocam o Brasil à frente até mesmo dos Estados Unidos. Por lá, os reguladores ainda se mostram resistentes em liberar um índice cripto na bolsa.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

photo_saori.jpg
Saori Honorato
Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados