Ver mais

Criptomoedas tem recuperação lenta mesmo com aumento de fundos institucionais

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Os investidores institucionais estão lentamente se aquecendo para os fundos de criptomoedas.
  • Investidores de longo prazo estão acumulando no nível de US$ 20 mil.
  • Mais volatilidade de curto prazo é esperada para os mercados de criptomoedas esta semana.
  • promo

Investidores institucionais estão aquecendo fundos de criptomoedas, mas fatores macroeconômicos mantém os mercados sob pressão no curto prazo.

De acordo com o relatório semanal de fluxo de ativos digitais da CoinShares, publicado em 25 de julho, houve uma entrada de cerca de US$ 30 milhões na semana passada.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Embora esse número seja bem pequeno no grande esquema das coisas, ele eleva o total mensal para US$ 394 milhões, o que reverte a tendência de saídas nos últimos meses.

Os fundos de Bitcoin dominaram a semana com entradas de US$ 19 milhões, segundo o relatório. Já os produtos baseados em Ethereum tiveram entradas de pouco mais de US$ 8 milhões, o que é o oposto da ação do mercado de varejo para o ativo, que superou o BTC na semana passada.

Os investidores europeus dominaram a ação no período, com o sentimento nos Estados Unidos ainda em grande parte de baixa. Isso provavelmente se deve ao duplo golpe macroeconômico desta semana de um aumento da taxa e ao segundo trimestre de PIB negativo.

Isso significa tecnicamente uma recessão, embora os legisladores dos EUA estejam tentando evitar o uso dessa palavra, ajustando terminologia e definições.

Resistência à recuperação de criptomoedas

Em 25 de julho, a empresa de análise on-chain Glassnode informou que o momento de curto prazo era favorável, mas “continua sobrecarregado por indicadores macro de longo prazo de que o tempo pode ser necessário para formar uma base sólida”.

O rali que começou em meados de julho parece estar perdendo força, já que os mercados de criptomoedas caíram 4% no dia, e o valor de mercado caiu para o nível de US$ 1 trilhão durante o pregão asiático na manhã desta terça-feira.

A Glassnode confirmou que os especuladores foram amplamente expulsos dos mercados de Bitcoin, pois encontraram um suporte sólido na faixa de US$ 20 mil. “Durante este processo, ocorre uma redistribuição de moedas de baixa convicção para detentores de forte convicção”, afirmou.

Os investidores que não estão muito preocupados com a volatilidade dos preços de curto prazo vêm acumulando na expectativa de ganhos de longo prazo.

Os pesquisadores usaram uma série de métricas on-chain para determinar que os preços do Bitcoin realmente saltaram de um fundo local e ultrapassaram os principais níveis, como a média móvel de 200 semanas e o preço realizado.

Não tão rápido…

No entanto, o declínio de 3,5% de hoje reduziu os preços do BTC abaixo desses níveis para negociar a US$ 21.170 no momento da redação.

“No longo prazo, o momento sugere que o pior da capitulação pode ter acabado, no entanto, um tempo de recuperação mais longo pode ser necessário à medida que o reparo básico continua”, concluiu o Glassnode.

À medida que os EUA preparam seu golpe macroeconômico para mercados de ativos de alto risco, incluindo criptomoedas é esperado mais volatilidade de curto prazo para semana.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados