Ver mais

Criptomoeda da FTX desaba 40%: entenda o motivo

2 mins
Por Ciaran Lyons
Traduzido Anderson Mendes

O FTT, token nativo da FTX, sofreu uma forte queda na última semana. A especulação surge da decisão da exchange de não retomar suas operações, contrastando com as expectativas anteriores.

A queda ocorre após um salto positivo de preços e previsões otimistas para o renascimento da FTX há apenas alguns meses.

FTX não voltará ao mercado

A Kaiko revela uma queda substancial no preço do FTT após o anúncio de que a exchange não seria relançada. Outrora uma das maiores do mercado, a FTX entrou em colapso em novembro de 2022.

“O token da exchange FTX, FTT, perdeu mais de 30% de seu valor na semana após relatos de que a exchange não irá reviver suas operações. O FTT que não tem nenhum caso de uso real após o colapso da FTX – viu seu preço mais do que triplicar desde novembro de 2023 nas esperanças de renascimento da exchange.”

No fechamento dessa matéria, o FTT era negociado a US$ 1,73.

Criptomoeda da FTX desaba 40%: entenda o motivo

Entre o final de novembro e o início de dezembro de 2023, o preço da criptomoeda disparou mais de 350% com a notícia de que a exchange poderia retornar.

A equipe jurídica da FTX nunca confirmou os rumores, mas deu a entender que isso poderia ser possível e algo que seria considerado em 2024. No entanto, afirmaram que seria necessário um capital significativo para voltar às operações.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Exchange reforça plano de reembolso

Apesar da queda do FTT, a FTX busca realizar um processo significativo na consolidação de um plano de pagamento para reembolsar os seus credores. Este foco está substituindo os esforços anteriores para reiniciar a exchange.

A decisão de não voltar ao mercado ocorre após meses de negociações com potenciais licitantes e investidores. Estes não se materializaram em financiamento suficiente para reconstruir a empresa.

Enquanto isso, relatórios anteriores destacaram o progresso notável da FTX na recuperação de ativos, garantindo mais de US$ 7 bilhões para reembolsar seus clientes.

No entanto, o desembolso desses fundos dependerá dos valores das criptomoedas a partir de novembro de 2022, durante uma queda do mercado. Esta escolha gerou reclamações dos clientes devido à percepção de subvalorização, dado o aumento substancial de preço do Bitcoin e de várias altcoins desde então.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados