Ver mais

Credor da Mt. Gox descarta rumores de 140.000 BTC inundando o mercado

2 mins
Por Rahul N.
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Um credor da Mt. Gox tuitou que a liberação de aproximadamente 140.000 BTC não aconteceria imediatamente.
  • Alguns credores optaram por vender os seus créditos à Fortress.
  • O sistema de reembolso ainda não está ativo, e os credores terão que registrar seus dados.
  • promo

Eric Wall, um dos credores da Mt. Gox, rejeitou as informações de que os cerca de 140.000 BTC devidos aos credores da exchange logo seriam despejados no mercado. Na realidade, o pagamento ocorrerá em parcelas ao longo de meses.

Um dos credores do incidente da Mt. Gox rejeitou relatórios sobre a extinta exchange que reembolsou todos os aproximadamente 140.000 BTC de uma só vez.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Eric Wall tuitou, no dia 28 de agosto, que o pagamento ocorrerá em parcelas, sendo distribuído de forma constante ao longo do tempo. Ele esclareceu que a Mt. Gox não está distribuindo “nenhuma moeda esta semana, ou na próxima semana, ou na semana seguinte”.

Wall também disse que algumas pessoas optaram por vender seus direitos à Fortress, mas não houve confirmação oficial sobre quando esteos pagamentos serão feitos. Os credores também ainda não tiveram a oportunidade de registrar seus endereços para onde os bens serão enviados.

Ele disse que haveria um aviso futuro que permitiria que os credores enviassem detalhes bancários, o que seria o primeiro passo para iniciar o plano de pagamento.

Wall ficou chateado com os relatos de desinformação que estavam se espalhando pelas mídias sociais e pediu que a comunidade de criptomoedas bloqueasse contas que diziam que as apostilas estavam sendo feitas.

Outros também falavam da informação falsa, enfatizando que era um processo que levaria meses.

O influenciador de criptomoedas Danny Devan disse que o processo de pagamento está apenas começando e que não haveria uma “venda insana”, porque os ativos seriam distribuídos ao longo de meses.

Devan estava pessimista sobre uma grande quantidade de BTC sendo vendida e esperava que o mercado em baixa fosse um dos pilares por um bom tempo.

O documento oficial sobre o procedimento de reembolso também esclarece muitos aspectos de como será tratado. Os credores podem optar por receber um reembolso total antecipado.

Ele pede que os credores se registrem no sistema o mais cedo possível. Em relação à liberação dos bens, o documento do tribunal diz:

 “Após discussões com o Tribunal e de acordo com o Plano de Reabilitação, o Administrador de Reabilitação planeja definir a cessão, etc., Período de Referência de Restrição de aproximadamente o final de agosto deste ano até que todos ou parte dos reembolsos feitos como reembolsos iniciais sejam concluídos para reembolsos seguros e protegidos”.

O plano de reembolso teve sua aprovação final em novembro de 2021, para alívio de muitos credores. O retorno dos ativos marca o fim daquele que é um dos episódios mais notórios da história do mercado de criptomoedas.

Ele serviu como um aviso para o mercado de criptomoedas, e seu significado foi recentemente acompanhado pela queda do LUNA e sua stablecoin, a UST.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados