Coinbase pode bloquear endereços de Ethereum em staking

14 setembro 2022, 12:00 -03
Traduzido Thiago Barboza
14 setembro 2022, 12:33 -03
EM RESUMO
  • O contrato inteligente Coinbase Wrapped Staked ETH (cbETH) tem uma função de lista negra.
  • Outras ofertas de liquid staking não possuem essa função de lista negra.
  • Enquanto isso, uma grande parte do ETH em stake é detida por algumas entidades.
  • promo

O contrato inteligente para o Wrapped Staked ETH (cbETH) da Coinbase, usado para o staking de Ethereum, tem uma função de lista negra, provocando críticas de alguns na comunidade de criptomoedas.

O Coinbase Wrapped Staked ETH (cbETH) tem uma função de lista negra, como visto no contrato inteligente. Isso permite que a Coinbase coloque endereços na lista negra seletivamente, se julgar necessário.

  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

A exchange coloca na lista negra endereços se eles acreditam que a carteira viola seu contrato de usuário e pode congelar os fundos dos clientes se eles sentirem que houve uma violação ou se a lei exigir isso.

/Artigos relacionados

Mais artigos

A Coinbase não é a única empresa cripto a colocar endereços na lista negra. O emissor do USD Coin Circle também congelou fundos vinculados ao serviço de mixagem Tornado Cash. A empresa congelou 75.000 USDC de usuários associados à plataforma de mixagem Ethereum.

A medida irritará alguns detentores de criptomoedas, que acreditam que a censura estabelece um mau precedente. Enquanto isso, a Coinbase está interessada em trabalhar dentro da lei e cumprir qualquer ordem dos reguladores.

CEO da exchange já sugeriu censura zero

Membros da comunidade de criptomoedas apontaram comentários anteriores do CEO da Coinbase, Brian Armstrong, em suas críticas à censura. Em agosto de 2022, Armstrong disse que possivelmente fecharia o serviço de staking em vez de censurar se os reguladores assim solicitassem.

O CEO disse que era uma hipótese que ele esperava que a bolsa enfrentasse, mas também observou que pode haver uma alternativa melhor que resultaria em um resultado mais favorável. Ele disse,

“É uma hipótese que esperamos não enfrentar. Mas se tivéssemos, iríamos com B, eu acho. Tem que focar no quadro maior. Pode haver alguma opção melhor (C) ou um desafio legal que possa ajudar a alcançar um resultado melhor.”

O staking de Ethereum é muito centralizado?

A Coinbase está pronta para se tornar uma das maiores pools de staking da rede Ethereum. Coinbase, Kraken e Binance representam quase 30% de todo o ETH travado na rede. Respectivamente, eles detêm 15%, 8,5% e 6,75% do ETH em stake.

ETH mantido em Stake por plataformas: Nansen

Houve algumas preocupações sobre a centralização em relação ao Lido e que ele precisa ser descentralizado o suficiente como um dos principais detentores de ETH em stake. Enquanto isso, quatro provedores de serviços de nuvem centralizados — AWS, Hetzner, OVH e Oracle Cloud — controlam mais de 66% dos nós Ethereum

A Nansen informou sobre a distribuição do ETH em stake, dizendo que a maior parte do ETH travado na rede não tem lucro atualmente. No entanto, os interessados também podem vender seus ETH após a implementação da atualização Xangai, que acontecerá de 6 a 12 meses após o Ethereum Merge.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.