Ver mais

Chainlink (LINK) enfrenta teste para definir tendência

3 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A LINK caiu abaixo do suporte crucial de US$ 15,60, continuando sua queda para o nível crítico de US$ 14,30.
  • O preço está abaixo da EMA de 100 e 200 dias e penetrou a nuvem de Ichimoku, com o RSI caindo para cerca de 38.
  • O valor de US$ 14,30 é um suporte crítico, com possibilidade de queda adicional para US$ 11,95.
  • promo

A Chainlink (LINK) entrou em uma considerável tendência de baixa, algo já destacado por nossa equipe de análises na semana passada.

A análise atual visa oferecer aos traders e investidores percepções baseadas em dados sobre o que pode estar por vir para a LINK.

A LINK era negociada a US$ 16 na semana passada. Na ocasião, o BeInCrypto previu uma queda significativa de preço, o que aconteceu desde então. O ativo rompeu um nível de suporte crucial em US$ 15,6, continuando seu declínio para atingir o nível de suporte de US$ 14,30.

Gráfico da Chainlink no TradingView
Gráfico da Chainlink no TradingView

Além disso, a LINK caiu abaixo da EMA de 100 e da EMA de 200 dias, o que é um forte sinal de baixa. O preço está encontrando resistência nessas médias móveis exponenciais, reforçando a tendência de queda. Em seguida, o preço penetrou a Nuvem de Ichimoku para o lado negativo, indicando maior volatilidade de baixa.

Os principais níveis de suporte são US$ 14,30 e US$ 11,95. Já os níveis de resistência estão em torno de US$ 15,60, US$ 16,00 e US$ 16,65, com resistência significativa nos níveis de EMA de 100 e 200 dias. O RSI caiu ainda mais, de 43 para cerca de 38, indicando uma dinâmica sustentada de baixa.

O rompimento de US$ 14,30, um nível de suporte crítico identificado na análise anterior, confirma a perspectiva de baixa. O monitoramento contínuo desse suporte é crucial, já que se ele não for mantido, poderá levar a uma nova queda para US$ 11,95.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Número de endereços com perdas não realizadas está crescendo

Em junho, foi observado um aumento importante no número de endereços com LINK na blockchain Ethereum que estavam enfrentando perdas não realizadas. A porcentagem de tais endereços saltou de 31,43% para 43,15%. Isso indica uma tendência de baixa e uma tendência crescente de redução de perdas.

Esse aumento nas participações subaquáticas reflete um sentimento negativo entre os detentores de LINK, sendo que quase a metade agora está sofrendo perdas não realizadas. O maior aumento diário nesses endereços ocorreu em 11 de junho.

Histórico de entrada/saída de capital da Chainlink. Fonte: IntoTheBlock
Histórico de entrada/saída de capital da Chainlink. Fonte: IntoTheBlock

Ao mesmo tempo, a proporção de endereços no ponto de equilíbrio permaneceu estável, começando em 5,07% e terminando em 5,81%. Essa estabilidade sugere poucas flutuações nos endereços que não dão lucro nem prejuízo, indicando uma condição de mercado equilibrada. O maior aumento diário de endereços no ponto de equilíbrio foi em 10 de junho, indicando um período em que mais endereços se encontraram no ponto de equilíbrio.

Por outro lado, a proporção de endereços com lucro diminuiu de 63,50% para 51,03%, destacando uma queda significativa na lucratividade. A maior redução diária de endereços com lucros não realizados também ocorreu em 11 de junho. A correlação entre esse fato e o aumento de endereços com perdas sugere uma melhora nas condições do mercado.

Portanto, a perspectiva atual da LINK continua sendo de baixa. Poderá ocorrer uma mudança para uma tendência de alta se o preço voltar a entrar com sucesso na nuvem de Ichimoku diária e ultrapassar as EMAs mostradas no gráfico inicial. No entanto, os fundamentos são de baixa, com mais de 40% dos detentores atualmente registrando perdas.

Isso pode levar alguns a vender suas participações, potencialmente exercendo pressão de baixa sobre o preço. Se o Bitcoin cair abaixo de US$ 65.000, a LINK pode testar um nível de suporte crítico em US$ 11,90.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados