Ver mais

CEO da MicroStrategy questiona solidez do Ethereum

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Michael Saylor acredita que o Ethereum "ainda estará incompleto" em 3 anos.
  • O CEO da MicroStrategy questionou se o projeto era "econômico, técnico ou eticamente sólido".
  • Ele chamou o Bitcoin Cash de "fracasso" por causa do hard fork que dobrou o tamanho dos blocos e reduziu os incentivos para os mineradores.
  • promo

O CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, questionou o cofundador da Ethereum, Vitalik Buterin, que anunciou recentemente que a nova atualização do ETH estava 40% concluída, perguntando se o projeto era “econômico, técnico ou eticamente sólido”.

Durante sua participação no Blockchain Economy Istanbul Summit, Michael Saylor sustentou que esperará até que o Ethereum conclua seu protocolo para “tomar uma decisão” sobre seu valor, embora não tenha descartado que o projeto “não esteja completo” ou “seja estável”.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

De acordo com o CoinMarketCap Alexandria, Saylor questionou se o Ethereum alcançaria as 100.000 transações por segundo prometidas ao migrar da prova de trabalho (PoW) para prova de participação (PoS) e até previu que o ETH pode “não ser estável nem estar concluído” nos próximos três anos.

Saylor confirmou anteriormente sua crença no status de security (valor) do Ethereum devido à sua capacidade de mudar. O Bitcoin, argumenta Saylor, difere de um security, pois não houve oferta inicial de moedas, nem ninguém quer alterar o software da rede.

Falando no canal Altcoin Daily do YouTube, onde o co-apresentador Aaron Arnold disse que a senadora Cynthia Lummis (R-Wyo), co-participante da Lei de Inovação Financeira Responsável, credita a ele a ajuda para definir o Ethereum como uma commodity.

Nesta ocasião, o CEO da MicroStrategy também criticou a criptomoeda Bitcoin Cash, chamando-a de “erro horrível”, e questionou seu mais recente hard fork que dobrou o tamanho dos blocos e diminuiu os incentivos para os mineradores, que como projeto “não é mais do que um fracasso.”

alguns dias, Michael Saylor afirmou em sua conta no Twitter que o Bitcoin (BTC) é a esperança para a Argentina. Embora o parecer não seja recente (foi feito em 14 de julho), está ganhando validade devido aos constantes aumentos da moeda paralela.

O próprio Saylor voltou a compartilhar aquele tweet, com o valor atualizado do dólar e a consequente desvalorização do peso argentino.

“Em países que sofrem com o colapso das moedas, bancos gerenciados centralmente, controles de capital e regulamentações econômicas excessivas, corporações, indivíduos e famílias precisam de uma solução econômica ética global como o Bitcoin para proteger sua riqueza e prosperar.”

No final de junho, Saylor reafirmou seu otimismo em relação ao Bitcoin. O empresário enfatizou que a maior criptomoeda por capitalização de mercado “vai durar mais que todos nós”. Mais tarde, ele foi perguntado se há um alto risco para os investidores de varejo entrarem no mercado no meio do inverno criptográfico, ao qual Saylor respondeu:

“Acho que o desafio é que, se você esperar uma década para que tudo se esclareça, o preço do Bitcoin será 10 ou 100 vezes o que é agora. Então você tem que escolher se quer ou não entrar sabendo que há cerca de uma dúzia de coisas que vão amadurecer a classe de ativos.”

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados