Bitcoin btc
$ usd

CEO da Binance minimiza retirada de fundos da exchange

3 mins
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Changpeng Zhao disse que o êxodo de fundos visto na terça-feira (13) não estava nem entre os 5 maiores.
  • Mais de US$ 5 bilhões foram retirados da exchange.
  • BNB resistiu à tempestade, ganhando 2,3% no dia.
  • promo

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, comentou sobre o medo, incerteza e dúvidas (FUD) criadas após o aumento de saques entre os usuários da exchange.

Nesta quarta-feira (14), CZ afirmou que a recente onda de saques “não estava nem entre as cinco primeiras”. A Binance teria processado mais saques durante o crash da Terra (LUNA) e o colapso da FTX, disse ele.

Em um esforço para conter o nervosismo dos investidores, o executivo acrescentou que as coisas se estabilizaram agora. “Os depósitos estão voltando”, disse ele, anulando todas as preocupações de uma fuga em massa da exchange.

Êxodo da Binance

Desde o colapso da FTX no início de novembro, os investidores cripto estão transferindo ativos anteriormente mantidos em exchanges centralizadas. Houve um aumento nos saques da Binance em 13 de dezembro, instigando uma onda de precupação sobre se a corretora seria a próxima a cair.

A Bloomberg informou que US$ 2 bilhões foram retirados da exchange. No entanto, os números podem ultrapassar US$ 5 bilhões. De qualquer forma, a Binance parece ter ignorado o êxodo, com Changpeng Zhao alegando que o movimento “negócio como sempre”.

As preocupações têm aumentado sobre as recentes declarações de prova de reservas da empresa. Embora a Binance tenha um estoque enorme de BTC em suas reservas, o relatório foi apenas instantâneo e não uma auditoria completa. Além disso, suas carteiras divulgadas publicamente contêm mais de US$ 60 bilhões em reservas, segundo a Nansen.

No verdadeiro espírito do tribalismo criptográfico, o chefe da Coinbase, Brian Armstrong, foi rápido em defender sua empresa. “Muito medo nos mercados. É importante que as pessoas se lembrem de como a Coinbase é diferente em momentos como este”, tuitou ele nesta quarta-feira.

No entanto, a Binance continua líder entre as exchanges, devido a taxas de transação muito mais baixas, mais pares de ativos e uma gama mais ampla de oportunidades de rendimento e lucro.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

BNB enfrenta a tempestade

Muitos esperavam que o token nativo da Binance, o BNB, sofresse uma forte queda com os saques em massa na exchange. No entanto, o ativo resistiu à breve tempestade e acumula uma alta de 2,3% no dia.

O BNB era precificado em US$ 275 no fechamento desta matéria. O token caiu para US$ 262 durante o momento de pico de medo, mas recuperou a maior parte dessas perdas.

O ativo teve um desempenho melhor do que a maioria durante este ciclo de baixa do mercado, depois de desvalorizar “apenas” 60% desde a sua máxima histórica de preço. No entanto, ele está em tendência de queda, caindo 7% nas últimas duas semanas.

Em nota, a Binance afirma que:

“Conduzir adequadamente uma prova de reservas (proof of reserves) em custódia desse escopo e magnitude é um processo muito complexo, novo e exclusivo do setor e requer diferentes graus de verificação interna e por terceiros na blockchain, em comparação a instituições financeiras tradicionais.

A divulgação das reservas de custódia de BTC foi apenas o primeiro de muitos passos que serão dados nas próximas semanas para fornecer mais transparência e garantia de nossas reservas em custódia.

Após os eventos recentes, é imperativo que desenvolvamos novos sistemas que permitam aos usuários acessar continuamente a verificação on-chain de seus ativos sob custódia, para reconquistarmos a confiança do usuário e mais uma vez provar que cripto é mais segura e transparente do que as finanças tradicionais.

Achamos importante observar que a venda de ativos alimentada pela notícia da Reuters resultou na retirada de aproximadamente US$ 1,14 bilhão de nossa plataforma em um período de 12 horas, o que foi administrado com facilidade. Passamos por este teste de estresse extremo porque executamos um modelo de negócios muito simples: manter os ativos sob custódia e gerar receita com as taxas de transação.”

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados