Cardano (ADA) registrou a maior entrada de capital durante queda do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O relatório de fluxo semanal da CoinShares coloca a Cardano (ADA) no topo de sua lista.

  • O relatório sugere que a ADA está indo bem devido às crescentes preocupações ambientais.

  • Enquanto isso, o Bitcoin teve saídas de US$ 111 milhões.

  • promo

    Deposite 100€ e Negocie 100€, Nada Menos! Negocie CFDs de Cripto Com Zero Comissões na Libertex Negocie agora

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O mais novo fundo de ativos digitais semanais da CoinShares mostra que a Cardano (ADA) teve as maiores entradas de investimento, com US$ 10 milhões, enquanto Bitcoin (BTC) viu um capital de US$ 111 milhões em saídas.

Cardano lidera gráficos de entrada

Em seu relatório semanal de fluxos de fundos de ativos digitais, a CoinShares analisa mais uma semana de fluxos maciços de saída em toda a indústria de criptomoedas. O relatório mostrou que na última semana, enquanto muitas moedas experimentavam saídas contínuas, a Cardano viu entradas de US$ 10 milhões.

O relatório enfatiza que isso é resultado de “investidores escolhendo ativamente moeda com prova de participação devido a considerações ambientais”.

As questões ambientais se tornaram um tema muito em alta no mundo das criptomoedas nos últimos meses, devido a preocupações com o efeito que a mineração está tendo no planeta.

Em duas semanas consecutivas, apesar de outros ativos digitais terem caído, a ADA viu grandes fluxos de entrada. No relatório da CoinShares de 17 de maio, a Cardano totalizou US$ 6 milhões em ingressos de capital feitos no período anterior.

No acumulado do ano, os produtos de investimento da Cardano arrecadaram US$ 24 milhões em ativos institucionais. Até o momento, a moeda é negociada a US$ 1,53, alta de 17% desde sua abertura semanal.

Bitcoin ainda apresenta grandes fluxos de saída

Por outro lado, o Bitcoin sofreu grandes saídas pela segunda semana consecutiva. Em seu relatório de 17 de maio, a CoinShares observou que o BTC teve saídas de US$ 115 milhões no total.

Não houve muitas melhoras nesta semana, que registra saídas de US$ 111 milhões, a segunda consecutiva em que o ativo registrou mais de US$ 100 milhões em saídas após o recorde de queda visto recentemente.

O Bitcoin atingiu outra marca baixa na semana passada, quando viu as transações de entrada de carteiras caírem para menos de 25.000. Foi o pior número diário visto durante todo o ano e vem na esteira de uma nova alta diária definida na semana passada.

exchange

A queda veio depois que, entre outros fatores, Elon Musk anunciou que a Tesla não aceitaria mais o BTC como método de pagamento. O anúncio foi feito após o surgimento de grandes preocupações ambientais em torno da moeda e de sua mineração.

Outros fatores negativos que estão contribuindo para esta queda do mercado são as repressões vindas da China e Hong Kong movendo-se para proibir o comércio de criptomoedas no varejo.

O Bitcoin caiu cerca de 34% desde a abertura do mês e está sendo negociado a US$ 38.475, depois de atingir a máxima histórica de US$ 64.868 há menos de duas semanas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Matthew De Saro é jornalista e personalidade da mídia especializado em esportes, jogos de azar e estatísticas. Antes de ingressar no BeInCrypto, seu trabalho foi apresentado na Fansided, Forbes e OutKick. Com experiência em análise estatística e amor pela escrita, ele adota uma abordagem inovadora para relatar notícias.

SEGUIR O AUTOR

Negocie CFDs de Cripto com Zero Taxas de Comissão.      

Comece Hoje!

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install