Ver mais

Buenos Aires libera pagamentos de impostos com criptomoedas

2 mins
Atualizado por Airí Chaves

EM RESUMO

  • A ação faz parte de uma campanha para simplificar e agilizar a proximidade com os cidadãos.
  • "Vamos usar a tecnologia de forma inteligente", enfatizou o prefeito da cidade.
  • Todo o fluxo de dados da população local será protegido com tecnologia blockchain.
  • promo

A prefeitura de Buenos Aires planeja digitalizar a maioria dos procedimentos para facilitar o acesso dos moradores aos serviços da cidade. O plano contempla, entre vários aspectos, a possibilidade de pagamentos de impostos utilizando criptomoedas e a incorporação da tecnologia blockchain.

O contribuinte terá a liberdade de escolher se deseja quitar suas dívidas com o estado pagando com criptomoedas. A prefeitura da capital da Argentina disse estar trabalhando com diferentes exchanges (Bitso, SatoshiTango e BELO), que são referências no setor, para oferecer essa opção.

A prefeitura receberá todos os pagamentos de impostos em pesos, e as exchanges atuarão como intermediárias com os contribuintes, para que a administração pública não fique exposta à volatilidade no preço dos criptoativos.

O secretário de Inovação, Diego Fernández, explicou os motivos dessa implementação.

“Falar sobre criptomoedas é falar sobre inovação, liberdade e oportunidades. Com a tecnologia, surgiram novas formas de pagar e economizar, e queremos que as pessoas possam pagar com as ferramentas que já utilizam.”

Incorporando a Blockchain

Também está previsto no plano um projeto de identificação pessoal dos cidadãos por meio do uso da tecnologia blockchain. Justamente por operar em uma rede descentralizada que permite a rastreabilidade de registros e a proteção de dados pessoais, os usuário poderão controlar seus próprios dados.

A projeção é que o plano abrangerá todas as áreas da prefeitura de Buenos Aires. Eles afirmaram que não vão construir sua própria blockchain, mas que estão avaliando usar as redes já existentes como Ethereum (ETH), Bitcoin (BTC) ou de outras criptomoedas.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Argentina, entre os países com maior adoção de criptomoedas

A adoção de criptomoedas vem crescendo significativamente na América Latina. Um relatório da Americas Market Intelligence (AMI) indicou que pelo menos 8% dos latino-americanos já investem em ativos digitais.

Segundo informações da AMI, a Argentina é o país que lidera a lista da região. No país hermano, mais de 1 em cada 10 cidadãos (12%) adotaram criptomoedas. Em segundo lugar está o Brasil com 7%. México com 6% e o Peru com 5% completam o topo.

Em 2021, o crescimento do mercado cripto foi de 12% na Argentina, em comparação com o crescimento de cartão de crédito de 29%, o que indica uma adoção impressionante de criptomoedas no país.

O relatório da AMI também mostrou o ótimo posicionamento inicial deste setor, considerando que o Bitcoin, a primeira criptomoeda, só foi implantado há pouco mais de uma década.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images-e1706008039676.jpeg
Advertorial
Advertorial é o nome do autor universal para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros da BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com as visões ou opiniões da BeInCrypto. Embora nos esforcemos para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, esses artigos são destinados à publicidade e não devem ser considerados como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados