Ver mais

Patrocinado Brasileiros movimentam R$ 15 bilhões em criptomoedas por mês – veja projetos tendência no país

7 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

Os dados são da Receita Federal. Em fevereiro, o órgão registrou R$ 15 bilhões em movimentação de criptomoedas no Brasil. Ainda que esse seja o segundo maior volume de negociação registrado desde maio de 2022, houve uma redução de 6,6% em relação ao mês anterior.

Essa queda reflete uma diminuição no número de pessoas físicas a realizar operações cripto – calculado pela quantidade de CPFs registrados pela Receita Federal.

A movimentação com CPFs em janeiro foi de cerca de R$ 1,35 milhão, enquanto em fevereiro foi de R$ 1,11 milhão. Ou seja, uma diminuição de 17,8%. Esse foi a pior movimentação cripto por pessoas físicas desde junho de 2022.

O número de CNPJs envolvidos em transações cripto, no entanto, aumentou. O que significa que mais empresas estão aderindo ao mercado cripto. Dados anteriores já apontavam para um crescimento no número de empresas que investem em criptomoedas.

Nos dados divulgados referente ao mês de fevereiro de 2023, a movimentação por CNPJs únicos aponta um crescimento médio de 3,3% se comparado com janeiro.

O último relatório anual da Receita, divulgado no final do ano passado, mostra que mais 1 milhão de brasileiros têm criptomoedas. Esse número coloca o país na dianteira do mercado latino-americano. Nem o México tem mais potencial que o Brasil quando o assunto é criptoativo.

Quem movimenta criptomoedas no Brasil?

Os dados da Receita Federal permitem um mapeamento das movimentações de criptomoedas. O que se observa, em primeira instância, é que as bolsas cripto com sede no exterior operam a maioria do cripto brasileiro.

Do valor total de movimentação, cerca de R$ 680,36 milhões foram alocados por brasileiros com contas de exchanges com sede no exterior.

As corretoras nacionais foram responsáveis pela negociação de cerca de R$ 12,98 bilhões. Houve também cerca de R$ 1,41 bilhão de movimentação sem a intermediação de nenhuma corretora.

Quais criptomoedas os brasileiros compram?

Ainda conforme o relatório da Receita Federal, as empresas brasileiras compram muito Bitcoin. Em dezembro de 2022, cerca de 41.818 empresas declararam ter comprado BTC, superando o recorde alcançado em agosto de 2022.

Sim, o Bitcoin segue liderando a preferência dos investidores brasileiros. Apenas em fevereiro, foram registradas cerca 1,35 milhões de movimentações com BTC, ou R$ 1,006 bilhão. No mês anterior foram 1,64 milhões, somando R$ 1,01 bilhão em Bitcoin.

Assim como no mercado global, Ethereum é o segundo criptoativo preferido por brasileiros. Segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado e principal protocolo escalável, ETH teve 485.609 movimentações em fevereiro, com volume aproximado de R$ 228 milhões.

Na lista das criptomoedas mais movimentadas no Brasil, a terceira posição é da stablecoin Tether ou USDT. Por ser pareada com o dólar, essa é uma escolha segura dos investidores. O que explica as cerca de 148 mil operações com USDT, ou R$ 12 milhões – apenas em fevereiro.

Por que investir em criptomoedas agora?

O momento é oportuno para o mercado cripto. Após um ano de muita volatilidade, há muito otimismo em relação ao desempenho do Bitcoin e, em consequência, das criptomoedas de modo geral.

Um dos motivos para acreditar que mais investidores se voltarão ao mercado cripto está no risco de uma nova crise bancária nos Estados Unidos. Não é surpresa que o descrédito no sistema financeiro tradicional americano tem feito muitos investidores se voltarem às criptomoedas.

A razão é simples: criptomoedas podem ser uma alternativa descentralizada e segura de “dinheiro vivo”. Nesse mesmo movimento de diversificação dos investimentos, a cotação do ouro voltou a se aproximar de recordes de alta.

Para que esse movimento de inserção financeira em cripto siga firme é preciso que o ciclo de aumento das taxas do Fed acabe. Em 2022, a alta das taxas americanas foi um dos grandes entraves ao desempenho das criptomoedas.

Quando, finalmente, o ciclo de corte das taxas de juros dos Estados Unidos começar, o mercado cripto pode vivenciar uma nova corrida de touros. Não dá para esquecer que, no passado, a política mais flexível do Fed gerou altas substanciais no preço do Bitcoin.

Como tirar proveito do momento otimista do mercado cripto

2023 parece ser um ano de condições favoráveis às criptomoedas, ao menos no que diz respeito ao cenário macroeconômico. Mas como tirar proveito desse momento com tantas possibilidades?

Conforme dados da CoinMarketCap, existem 23.962 criptomoedas no mundo. A capitalização de mercado global está atualmente avaliada em US$ 1,15 trilhão, com um volume de negociação de mais de US$ 34 bilhões em 24 horas.

Nesse universo há as gigantes como Bitcoin e Ethereum, e também inúmeras criptomoedas menores, entre tokens utilitários, especulativos, de jogos, meme coins e mais uma série de tipos de ativos.

Na dúvida de como montar sua carteira cripto, comece pela premissa da diversificação. Ou seja, compre ativos de diversos tipos e valores. Com a volatilidade inerente ao mercado cripto, quanto mais diversificada for sua carteira, menor a chance de prejuízos.

Oportunidades em campanhas de pré-venda cripto

Pré-vendas têm provado ser uma excelente opção de investimento. Ao lançar um criptoativo, a equipe de desenvolvedores oferece esses tokens que ainda não são negociados em bolsa com desconto. Desta forma, eles conseguem arrecadar fundos para financiar a finalização e execução do projeto.

Há, no momento, pré-vendas com muito potencial de valorização. A seguir, listamos três vendas antecipadas que merecem ser consideradas.

AiDoge: Plataforma de geração de memes por IA

A campanha de pré-venda do $Ai, token nativo da plataforma AiDoge.com, tem figurado entre os destaques da temporada. A venda antecipada já arrecadou US$ 2,5 milhões e os estágios têm se esgotado antes do prazo previsto no roteiro.

AiDoge tem arrecadado cerca de US$ 1 milhão a cada 24 horas. E não há sinais de que o ritmo da captação de recursos esteja diminuindo. Principalmente agora que há um frenesi em torno de meme coins, com Pepe, Turbo e $SPONGE quebrando recordes de valorização.

AiDoge tem todos os atributos para deixar todas as moedas de IA concorrentes em seu rastro. A equipe por trás da nova criptomoeda está construindo um criador de memes que aproveita a inteligência artificial (IA) para gerar imagens.

Este projeto reúne em uma única criptomoeda os dois setores mais valorizados do momento: IA e meme coins.

AiDoge.com está na fase 4 da pré-venda e a apenas US$ 50 mil de entrar na quinta etapa. Isso significa que o preço do token saltará de US$ 0,0000272 para US$ 0,0000276.

Há 20 estágios no total, com os preços dos tokens sendo reajustados a cada fase. Com a atual taxa de execução, a pré-venda poderá se esgotar antes do final de maio.

Visite AiDoge aqui.

Ecoterra: Tecnologia blockchain para incentivar (e remunerar) a reciclagem

Projetos que têm embutido uma preocupação genuína com o meio ambiente ganham destaque no mercado cripto. Um deles é o Ecoterra.

A equipe de desenvolvedores prepara um aplicativo que recompensa os usuários com o token ECOTERRA toda vez que eles reciclam.

Os participantes precisam apenas escanear a embalagem antes de depositá-la em um dos dispositivos de coleta, que serão amplamente distribuídos.

O aplicativo, então, registra aquela reciclagem e pontua o usuário, que mais tarde será remunerado com tokens ECOTERRA.

O mesmo aplicativo oferecerá um mercado de compensação de carbono. Mais: haverá um mercado para facilitar a compra de produtos reciclados pelas empresas usando ECOTERRA ou outras criptomoedas.

O aplicativo Ecoterra também permitirá que indivíduos e empresas acompanhem suas práticas ambientais. A ideia é contribuir para melhorar a imagem das marcas e aumentar a fidelidade dos clientes.

Para financiar o desenvolvimento da plataforma, a equipe de Ecoterra realiza a pré-venda do token ECOTERRA, que alimentará seu aplicativo.

50% do suprimento total de 2 bilhões de tokens serão liberados durante a pré-venda. O restante terá a seguinte aplicação: 20% serão reservados para a liquidez do ecossistema, 10% para listagens em bolsas, 10% para marketing, 5% para a equipe de desenvolvimento e 5% para adoção corporativa.

Visite Ecoterra aqui.

yPredict: Chance de investir no ascendente mercado de análise de dados cripto

Com o mercado de criptomoedas em plena expansão, a análise cripto está em alta. Em um universo de múltiplas possibilidades, com projetos cripto sendo lançados diariamente, prever os rumos de preços é um desafio.

Neste cenário, yPredict surge com o plano de usar a inteligência artificial (IA) como aliado para análise de dados. Não é novidade que há limitações no poder de processamento humano para avaliar grandes quantidades de informações.

As avançadas ferramentas de IA e de aprendizado de máquina podem ser os agentes de mudança. yPredict oferece um sistema de previsão de preços com insights originados em inteligência artificial.

Por trás do desenvolvimento de yPredict está um grupo de especialistas em IA, finanças e em modelos de linguagem (os chamados Language Models – LMs). A ideia é criar um ecossistema de ferramentas e plataformas analíticas projetadas para fornecer insights de mercado.

É preciso ter em mente que ferramentas de negociação tradicionais podem ter dificuldades para acompanhar o ritmo acelerado das mudanças.

Há uma prevalência cada vez maior de negociações algorítmicas. Isso torna mais difícil para os operadores humanos acompanharem o ritmo. Some-se a isso o grande volume de dados gerados pelos mercados atuais.

YPredict combina IA com modelos preditivos poderosos. Isso dá ao projeto o potencial de criar uma nova geração de ferramentas de negociação.

Para arrecadar fundos para a finalização do projeto, a equipe de desenvolvedores de yPredict faz uma venda antecipada (e com desconto) do token $YPRED.

Trata-se da moeda nativa e utilitária da plataforma, que após a pré-venda será lançada em bolsas cripto.

Essa criptomoeda servirá a vários propósitos no ecossistema. Por exemplo, o token será usado para pagar as associações e os modelos preditivos disponíveis no mercado.

Além de sua utilidade para traders e analistas, o token $YPRED também oferecerá benefícios para desenvolvedores de aprendizado de máquina de IA.

Ao participar do mercado de yPredict, os desenvolvedores receberão uma renda passiva na forma de tokens $YPRED. A quantidade de tokens será determinada pela taxa de sucesso verificável de seus modelos.

Visite yPredict aqui.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

chris_goldenbaum.png
Chris Goldenbaum
Jornalista e produtor audiovisual, Chris cobre o Brasil para veículos estrangeiros. Já escreveu textos e produziu vídeos sobre os mais diversos tópicos, como Economia, Política, Eventos. Meio Ambiente, Esportes, entre outros. Atualmente, Chris atua como Team Leader do domínio brasileiro no BeIn Crypto, sendo responsável pelo conteúdo e desenvolvimento do mesmo.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados